(Fonte da imagem: Reprodução/TheVerge)

Quando a Microsoft começou a investir no projeto de criar um tablet para concorrer com o iPad, apenas dois critérios principais foram impostos logos de início: o produto não deveria vazar antes do lançamento, e ele deveria ser um dos grandes responsáveis por levar o Windows 8 à vida.

A iniciativa, que foi chamada de “Projeto Georgetown”, era bastante difícil, pois começar a investir em um mercado dominado praticamente por somente uma empresa é sempre complicado. No entanto, na metade do ano passado, o Surface RT foi apresentado ao mundo, e o projeto foi concluído com sucesso — por mais que as vendas do aparelho não estejam tão altas assim.

Para que o produto final chegasse ao público em segredo, poucas pessoas trabalharam na sua criação e diversos protótipos foram feitos — sendo que eles não foram mostrados à imprensa na época da sua fabricação. Você gostaria de conhecê-los? Então, continue lendo e fique sabendo um pouco mais sobre eles.

Diversas ideias para o mesmo produto

Panos Panay, que é diretor-geral do time que trabalha com o Surface RT, conta que o desenvolvimento do tablet da Microsoft foi complicado e cheio de ideias. Para começo de conversa, era necessário desenvolver um produto que fosse a cara do Windows 8 e que representasse mais do que um simples concorrente do iPad.

Por conta disso, eles trabalharam com diversas ideias ao mesmo tempo, chegando a ter mais de um protótipo de uma vez só — principalmente pelo fato de que eles estavam tentando fugir das ideias que já circulavam pelo mercado e estavam tentando criar algo que ajudasse as pessoas a produzir, independente do objetivo delas.

Depois de muita discussão e de testes, Panay e sua equipe conseguiram chegar ao conceito do aparelho que temos hoje em dia — ele não quis dizer quanto tempo demorou para que isso acontecesse. No entanto, mais um problema surgiu: eles queriam desenvolver algo que protegesse o tablet e ainda fosse útil.

Um detalhe ainda faltava

Depois de testar vários designs e averiguar o que já havia sido feito em relação ao uso de mouses e teclados, o Touch Cover e o Type Cover foram produzidos, com o “bônus” de serem conectadas ao aparelho através de um sistema eletromagnético. Bacana, não é?

Abaixo, você pode conferir várias fotos dos protótipos que foram usados para desenvolver o Surface RT, sendo que diferentes etapas da criação foram registradas.

....

Depois de ler sobre uma parte da história do Surface RT e das fotos dos protótipos, o Tecmundo quer saber: você acha que todo esse empenho resultou em um produto de qualidade? Ficou com vontade de ter um em casa?

Cupons de desconto TecMundo: