Após sobreviver a uma série de atropelamentos, o Surface foi submetido a mais uma bateria insana de testes de resistência. Desta vez, o pessoal do site CNET usou o tablet da Microsoft em seu quadro “Torture Tests”, ou “Testes de Tortura”, em português.

Jeff Cannata, o apresentador do programa, revela que realmente gostou do aparelho da empresa de Redmond, mas reitera que não estava ali para aproveitar o produto, e sim para destruí-lo — o que ele fez sem dó nem piedade.

Primeiro, o Surface permaneceu durante duas horas e meia no congelador. Em seguida, Cannata quebrou um ovo sobre a sua tela e o colocou no forno para assar o seu café da manhã. Até esse momento, o tablet respondeu bem aos testes e continuou funcionando.

Contudo, a partir daí ele passou a apresentar problemas. O terceiro teste consistiu em um banho de vinho — fazendo com que o gadget deixasse de responder aos comandos. Na sequência, o apresentador partiu para um desafio mais radical e transformou o aparelho em um skate ao parafusar dois trucks com rodinhas na sua carcaça.

O rolê de Cannata nas ruas pareceu ter sido demais para o Surface, que não ligou mais. Todavia, a sua tela ainda estava em ótimo estado. Estava. O tablet foi então submetido a quedas de diversas alturas, que simulavam atividades comuns no dia a dia de quem adquiriu um modelo do dispositivo da Microsoft, e teve o seu display danificado.

Por fim, após deixar de funcionar e ter a sua tela arranhada e quebrada, o eletrônico foi adotado como um apoio de descanso para os pés — mas não resistiu muito tempo.

Cupons de desconto TecMundo: