(Fonte da imagem: Divulgação/Microsoft)

Ainda vai demorar para que possamos ver o tablet Microsoft Surface com Windows RT no mercado brasileiro. Mas os sites norte-americanos já começaram a testar o aparelho e estão publicando diversas opiniões sobre o que pode ser a porta de entrada de muitos consumidores para o mundo dos portáteis. Será que o aparelho é realmente o que esperávamos?

Vale lembrar que a versão Surface RT utiliza o Windows RT, que não é um sistema operacional completo como o Windows de desktops. Ele é um sistema mais leve para que possa ser rodado em processadores ARM e, por isso, deixa algumas funções de lado. A versão Pro ainda vai demorar um pouco mais para ser lançada.

Sem mais delongas, vamos aos resumos das análises realizadas pelos sites da imprensa internacional que já tiveram acesso ao novo tablet produzido pela Microsoft.

The Verge

O analista do The Verge deixa bem claro que ele “queria amar o aparelho”, mas ainda não consegue fazê-lo. A experiência de utilização do Surface RT parece incompleta e deixa um pouco a desejar para os consumidores. Mas é preciso dizer que ele não tem ressalvas em relação ao hardware – que oferece ótimas configurações e autonomia de bateria bem satisfatória. (Fonte da imagem: Divulgação/Microsoft)

Por enquanto, o problema maior tem sido mesmo o software. A versão RT do Windows parece não oferecer o que os consumidores necessitam. Além de ter vários bugs ainda, o ecossistema mostra-se fraco e não traz uma integração tão ativa quanto o que se esperava. Além disso, a ”promessa do aparelho híbrido” não está bem cumprida, pois mesmo com o teclado a experiência de digitação é complicada.

SlashGear

Ao contrário do que acontece com o The Verge, o Slash Gear aposta mais fichas no Microsoft Surface RT. O site afirma que a presença dos teclados da Type Cover mostra que a empresa de Redmond ainda não está pronta para deixar os teclados de lado, mas revela também que o funcionamento do sistema é perfeito e oferece “o melhor dos dois mundos” – contradizendo a análise anterior.

O Slash Gear também afirma que o Windows Surface é excelente para quem apostou no ecossistema da Microsoft. Ele oferece boa integração com algumas funções Xbox e também com o Windows 7, mas o principal disso deve surgir com os próximos lançamentos de aplicativos integrados. Por outro lado, o Slash Gear lembra que o Windows RT chegou muito tarde e ainda não tem jogos e apps em grande volume.

BGR

“Um conto de dois tablets”. É assim que o BGR resumiu a experiência de utilização do novo aparelho da Microsoft. Ao mesmo tempo em que o tablet é uma ótima obra da engenharia (aliando leveza e funcionalidade), ele também é um pouco assustador, pois o Windows RT não é exatamente uma versão “portátil” do sistema operacional com o qual todos já estão acostumados.

(Fonte da imagem: Divulgação/Microsoft)

Assim como fizeram os outros sites, o BGR não se ateve ao hardware, que é claramente ótimo. De volta em relação ao sistema operacional, foi dito que ele está muito leve e que não foi “sujo” pela Microsoft. Ou seja, ele não está sendo distribuído com muitos aplicativos de pouca utilidade – os famosos Crapware. Os editores ainda revelam que o Windows RT tem muito para crescer, mas que em um primeiro momento está satisfatório.

Ars Technica

“O Surface é um bom tablet (...), mas será que vale a pena comprá-lo no dia do lançamento?”. Essa é a pergunta que o Ars Technica faz em sua análise. Para ele, o problema do aparelho está no Windows RT, que só roda aplicativos criados para a nova interface do sistema operacional – e eles ainda estão em um número muito pequeno na Windows Store.

O editor do site ainda afirma que o Microsoft Surface RT é considerável para quem precisa utilizar os aplicativos do Office e não pretende partir para aplicativos mais comerciais em breve. Ele também lembra que o aparelho está sendo vendido sem a Touch Cover (que funciona muito bem), o que torna a aquisição do “conjunto completo” muito mais dispendiosa.

Por fim, o Ars Technica diz que a resolução (1366x768 pixels) é baixa e que a falta de opções de conectividade (não há 3G, 4G, GPS ou NFC) fazem com que o Surface RT fique devendo bastante para a concorrência.

Engadget

Lembra quando você pensou que o Windows nos tablets traria uma nova gama de possibilidades para games e aplicativos nos portáteis? Pois ainda vai demorar alguns meses para que suas expectativas sejam concretizadas. Segundo as análises do Engadget, o ecossistema do RT ainda está longe de oferecer tudo o que se espera deles.

(Fonte da imagem: Divulgação/Microsoft)

Por outro lado, o site deixa claro que o Surface RT pode oferecer conforto e agilidade na utilização de aplicativos profissionais de um modo que outros tablets disponíveis atualmente não fazem. Quanto ao hardware, mais uma vez não houve qualquer reclamação.

......

Como ficou claro em todas as análises que lemos, o Microsoft Surface RT é um tablet com hardware excelente, mas ainda precisa de melhorias no sistema operacional. Apesar de possuir configurações capazes de rodar qualquer aplicativo, ainda não existem muitas opções para “serem rodadas” – ou seja, há poucos softwares na Windows Store.

O que podemos esperar é que a Microsoft corra para corrigir essas pequenas falhas rapidamente – e também alguns bugs no sistema, encontrados por alguns analistas. Somente dessa forma o tablet conseguirá atingir uma boa parcela do mercado ainda nas compras de fim de ano.

Fonte: The Verge, SlashGear, BGR, Ars Technica e Engadget

Cupons de desconto TecMundo: