(Fonte da imagem: Divulgação/Microsoft)

A Microsoft resolveu criar um produto para bater de frente com o iPad — o Surface —, mas parece que a empresa de Redmond não agradou muitos aos seus parceiros com a atitude.

A primeira empresa a demonstrar publicamente sua insatisfação foi a Acer: de acordo com informações da Engadget, a companhia teria dito que as fabricantes não estavam exatamente felizes com o anúncio do novo tablet.

A Microsoft sabe do risco que está correndo ao produzir e lançar seu próprio gadget com Windows 8. Em um documento apresentado à Comissão de Títulos e Câmbio dos Estados Unidos, descoberto pelo New York Times, a empresa admitiu que as versões do seu tablet poderiam enfraquecer o apoio entre seus parceiros.

A companhia sustentou que o Surface se destina a estimular o interesse no Windows 8 e na versão RT voltada para tablets, embora ela tenha ciência de que as fabricantes parceiras tenham ficado irritadas com o anúncio, que foi feito sem aviso prévio.

A forma de lidar com a situação teria deixado os parceiros chateados — embora a quantidade de tablets das fabricantes seja abundante, com a ASUS e a Samsung mantendo seus lançamentos para o final do ano.

Fonte: New York Times, Engadget

Cupons de desconto TecMundo: