A Microsoft surpreendeu o mundo com o seu Surface Book no início desta semana. Ninguém esperava o lançamento do aparelho, e ele realmente tem um hardware incrível para seu tamanho. Em sua conferência, a Microsoft disse que o dispositivo teria autonomia de 12 horas de bateria, mas isso é referente ao produto em modo notebook. Em modo tablet, sem a base do teclado acoplada, ele consegue funcionar por apenas quatro horas.

Essa informação foi dada pela própria Microsoft depois do evento de apresentação, mas realmente não deveria ser interpretada como uma surpresa. Enquanto mostrava o Surface Book ao mundo pela primeira vez, Panos Panay, chefe da divisão de hardware da empresa, disse explicitamente que a parte de baixo trazia uma GPU de alto nível e várias partes da bateria.

Contudo, quando ele separou o Surface Book da sua base, ficou claro que na parte de cima também havia alguma bateria independente, já que não desligou completamente. O aparelho permaneceu funcionando normalmente e tinha inclusive um aspecto de Surface Pro 4, mas sem o Kickstand e com tela maior.

Questão de peso

A Microsoft esclareceu ao MS News que essa decisão foi tomada para balancear o peso do computador e também para garantir que a parte de cima não ficasse mais grossa do que o necessário. No fim das contas, as 12 horas de autonomia são divididas assim: 4 horas, na parte de cima, e 8 horas, na parte de baixo. Vale lembrar, entretanto, que a parte de cima pode ter a bateria carregada independentemente.

O modelo básico do Surface Book vai custar US$ 1.499 nos EUA, e não há expectativa para a chegada do produto ao Brasil. Confira tudo sobre ele aqui.

A autonomia de apenas 4 horas em “modo tablet” do Surface Book pode ser um problema? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: