Um supercomputador da IBM atingiu mais um ponto importante nas pesquisas para a simulação de um cérebro humano. A máquina conseguiu simular um total de 530 milhões de neurônios — enquanto o órgão humano possui cerca de 86 bilhões deles. O experimento foi feito em uma parceria entre a IBM e o projeto SyNAPSE da DARPA (Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa dos Estados Unidos).

Cerca de 2.084 bilhões de núcleos neurosinápticos foram emulados no projeto, ao mesmo tempo em que 100 trilhões de sinapses conseguiram ser realizadas. Apesar dos números expressivos, isso representa uma velocidade 1.542 vezes mais lenta da que é conseguida por um cérebro humano comum.

O grande objetivo desse tipo de pesquisa não está nem perto da criação de um cérebro realista, mas sim na tentativa de conseguir criar sistemas cognitivos de computação. É claro que isso ainda vai demorar um bom tempo, mas os avanços parecem animar pesquisadores e cientistas. No vídeo acima (em inglês), você pode ver um pouco mais sobre as pesquisas.

Cupons de desconto TecMundo: