(Fonte da imagem: Reprodução: Adam Nadel/Associated Press)

Um dos maiores confrontos entre homem e máquina foi a partida de xadrez entre o campeão Garry Kasparov e o supercomputador da IBM, Deep Blue. O computador saiu vitorioso no que foi considerada uma grande vitória para a computação, mostrando todo o poder que pode ser alcançado no setor da inteligência artificial. Isso aconteceu há 15 anos.

Agora, um livro mostra que a vitória pode não ter acontecido devido ao grande nível de programação feita pela IBM, mas sim por uma falha no sistema do Deep Blue.

Segundo uma passagem do livro "The Signal and the Noise", do autor Nate Silver, um dos responsáveis pela programação do Deep Blue para o torneio de xadrez de 1997 disse que, na primeira partida contra Kasparov, o supercomputador apresentou uma pequena falha, que o impedia de escolher uma jogada lógica.

Por causa disso, o sistema optou pela única saída possível, que era realizar um movimento aleatório. Graças a esse movimento, o campeão de xadrez se viu sem entender qual era a lógica utilizada pelo supercomputador e, por isso, começou a acreditar na sua superioridade. Isso criou uma dificuldade que chegou ao segundo jogo e levou o supercomputador a vitória.

Você acha que isso muda completamente a vitória do supercomputador ou ainda acredita na sua superioridade, já que o campeão de xadrez baixou a guarda durante a partida, considerando ser inferior à máquina?

Fonte: Wired

Cupons de desconto TecMundo: