(Fonte da imagem: Divulgação/IBM)

De acordo com comunicado à imprensa publicado no Top500, site especializado em supercomputadores, o título de computador mais rápido do mundo voltou para uma empresa norte-americana. Hoje, a IBM deve demonstrar o Sequoia durante a International Supercomputing Conference 2012 – evento realizado em Hamburgo, na Alemanha.

Segundo o informativo, esse PC conta com 1.572.864 (isso mesmo: quase 1,6 milhão) núcleos de processamento e 1,57 petabyte de memória RAM. Tal configuração é capaz de realizar cálculos a 16,32 petaflops por segundo, ou seja, ele pode processar 16,32 quatrilhões de operações a cada segundo – deixando a máquina japonesa K Computer, da Fujitsu, para trás com os seus “meros” 10,51 petaflops/s.

Conforme o site da BBC, isso significa que o supercomputador consegue calcular em uma hora o que 6,7 bilhões de pessoas levariam 320 anos com calculadoras convencionais. O Sequoia, que é baseado na arquitetura Blue Gene/Q da IBM e roda originalmente o Linux, foi criado para a National Nuclear Security Administration, órgão do governo dos EUA responsável pela segurança do país através da aplicação militar da energia nuclear.

Fontes: Top500, BBC

Cupons de desconto TecMundo: