Espanha utiliza processadores de smartphones para criar supercomputador

1 min de leitura
Imagem de: Espanha utiliza processadores de smartphones para criar supercomputador
Avatar do autor

AmpliarSupercomputador espanhol com processadores de smartphones. (Fonte da imagem: Reprodução/Flickr do usuário pirinenc)
Em um acordo com a desenvolvedora de processadores NVIDIA, a Barcelona Supercomputer Center, um centro espanhol especializado na concepção de supercomputadores, resolveu desenvolver uma máquina extremamente poderosa utilizando apenas CPUs da linha Tegra com a arquitetura ARM. Tais processadores substituirão os x86 da Intel, que são comumente utilizados em computadores de grande potência.

A Barcelona Supercomputer Center aproveitou a eficiência dos processadores para celulares para criar uma máquina que consome pouquíssima energia em relação aos demais supercomputadores da atualidade. Além disso, os espanhóis também trabalham em uma arquitetura híbrida que incluirá o processador gráfico CUDA da NVIDIA, um GPU com alto poder cálculos gráficos, para aprimorar ainda mais o desempenho de seus supercomputadores.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Espanha utiliza processadores de smartphones para criar supercomputador