(Fonte da imagem: Fujitsu)

A empresa japonesa Fujitsu decidiu criar o supercomputador mais potente do mundo. Batizado de PRIMEHPC FX10, a máquina é capaz de rodar até 23,2 petaflops de informação, sendo considerado o aparelho mais rápido do mundo.

Para computar todos esses dados, o PRIMEHPC FX10 utiliza nada menos que 98.304 centrais de processamento, dispostas ao longo de 1.024 estantes especialmente montadas para comportar e resfriar os componentes da máquina. Cada uma dessas centrais vem equipada com um processador SPARC64 IXfx de 16 núcleos, rodando em 1,848 GHz.

Como se não bastasse tantos "cérebros" pensando juntos, o supercomputador da Fujitsu ainda esbanja quando o assunto é memória, carregando consigo a absurda quantia de 6.291 TeraBytes. O sistema operacional responsável pelo gerenciamento de tudo é baseado no Linux, mas com adaptações.

De acordo com a fabricante, a expectativa é fazer com que a potente configuração do PRIMEHPC FX10 seja aplicada em cerca de 50 supercomputadores nos próximos três anos. Segundo a empresa, a ideia é estender a máquina para empresas que necessitem computar uma quantia enorme de dados.

Cupons de desconto TecMundo: