Em 2016, o supercomputador norte-americano localizado no Oak Ridge National Laboratory ficou em terceiro lugar

Pela primeira vez desde que se registram os mais poderosos supercomputadores do mundo, os Estados Unidos estão fora do top 3. Na realidade, isso aconteceu apenas outras duas vezes em 24 anos e agora, em 2017, o país caiu para o quarto lugar, atrás de duas máquinas ultrapotentes da China e uma na Suíça.

A lista é criada pela organização TOP500 e revela ao mundo quais são os computadores mais poderosos em funcionamento na atualidade e em qual país eles estão instalados. Em 2016, o supercomputador norte-americano localizado no Oak Ridge National Laboratory ficou em terceiro lugar. Já em 1996, os três primeiros lugares acabaram ficando com o Japão.

Titan, o supercomputador norte-americano, ostenta o quarto lugar na lista

Quem são os mais poderosos?

Em primeiro lugar, está o Sunway TaihuLight, um sistema instalado no Centro Nacional de Supercomputação em Wuxi, na China, mantendo a posição que obteve no ano passado. Em segundo, o Tianhe-2, localizado em Guangzho, também na China.

O terceiro colocado é o suíço Piz Daint, um sistema Cray XC50 instalado no Centro Nacional Suíço de Supercomputação. O resto da lista possui mais cinco supercomputadores norte-americanos.

Cupons de desconto TecMundo: