Em parceria com a NHK, a BBC realizou mais um teste com a tecnologia Super Hi-Vision. A gravação do evento foi realizada no Reino Unido e somente alguns expectadores convidados puderam assistir ao espetáculo no Japão.

A câmera utilizada para gravar a transmissão é uma de apenas três existentes, e conta com uma lente especial desenvolvida pela NHK. Tendo como característica principal a resolução de 7680 x 4320 pixels, a nova tecnologia promete ser 16 vezes mais nítida que a atual HDTV.

Segundo o relato da BBC, não foi possível exibir a transmissão com a qualidade máxima, pois nenhuma televisão existente tem suporte para a Super Hi-Vision. Para demonstrar um pouco do potencial da nova tecnologia, a NHK criou uma televisão de plasma de 103 polegadas (capaz de exibir imagens com até 3840 x 2160 pixels).

Câmeras compatíveis com a tecnologia Super Hi-Vision

Fonte: site oficial NHK

Apesar de ter proporções fantásticas, a TV utilizada para exibir o evento não tem resolução equivalente, de modo que os expectadores viram apenas um quarto da real capacidade da Super Hi-Vision. O site da BBC ainda informa que seria necessário utilizar quatro televisores da NHK para exibir o evento em sua qualidade máxima.

A transmissão experimental não seria possível sem a utilização de uma conexão de internet de alta velocidade. Um link foi exclusivamente dedicado ao evento, transmitindo com velocidade de 40 Gbps. O site oficial da BBC ainda infora que a NHK teve de fazer algumas adaptações para que o sinal de vídeo fosse transmitido corretamente, pois este sinal demanda uma conexão habilitada para operar em 24 Gbps.

Ainda não há previsões para o lançamento da tecnologia final, contudo a NHK espera realizar transmissões para o público em 2020. Para animar um pouco os consumidores, a empresa informa que alguns eventos das Olimpíadas de 2012 podem ser transmitidos com a tecnologia Super Hi-Vision, mas ainda não há quaisquer confirmações. Confira o vídeo disponível no site da BBC:

Cupons de desconto TecMundo: