A Netflix ganhou um novo rival no mercado brasileiro de streaming de filmes e séries de TV. Trata-se do Looke, um serviço de transmissão de conteúdos que é o sucessor do comércio de filmes digitais do grupo Saraiva.

Com uma interface bem parecida com a do rival, contando com separação por gêneros e rolagem horizontal, o Looke oferece duas formas de aquisição para filmes. De forma tradicional, o usuário pode assinar o serviço (R$ 14,90 por mês com os primeiros 30 dias gratuitos) e desfrutar de um catálogo de longas para streaming direto.

Com alguns títulos, entretanto, é possível realizar somente o aluguel ou a compra do conteúdo — sem a necessidade de ser assinante. Os preços variam bastante e vários filmes novos podem ser conferidos, como "Boyhood - Da Infância à Juventude" (R$ 7,90 o aluguel e R$ 34,90 a compra) e "Interestelar" (R$ 6,90 o aluguel e R$ 29,90 a compra).

Como funciona

Para ingressar no serviço, você pode migrar a sua conta Saraiva para o Looke ou criar um perfil totalmente novo. A partir daí, pode escolher em virar assinante ou somente realizar aluguéis e compras.

Alugar um filme dá direito a 48 horas de transmissão (você pode assistir quantas vezes quiser). O Looke afirma que a qualidade é "compatível com a qualidade de um DVD, chegando a alta definição", embora faltem mais informações técnicas para esclarecer melhor esse setor.

O perfil de cada longa-metragem é bem completo: além de ficha técnica, o trailer é reproduzido automaticamente. O sistema de busca, entretanto, é um pouco falho e não possui procura por artistas. Listar conteúdos somente para assinantes é possível, mas não muito intuitivo.

Até três aparelhos podem ser registrados e a transmissão é possível em aparelhos Android, em iPad, SmartTVs compatíveis (Philips, LG e Samsung), Xbox One e computadores (PC e Mac). Em breve, haverá suporte para XBOX 360, Smart TVs Sony e Playstation 3 e 4.

Vai vingar?

O Looke tem potencial para ser um concorrente de qualidade no mercado brasileiro de streaming. O preço é competitivo: a assinatura é mais barata que a do Netflix e o aluguel de lançamentos é similar ao preço de uma meia-entrada no cinema — e, neste caso, a presença de lançamentos deve ser o diferencial. Como diferencial, há ainda a possibilidade de baixar o conteúdo para que ele seja assistido offline, porém somente nos dispositivos Android.

A compra, entretanto, não parece compensar muito, especialmente no caso de séries. Cada temporada de "Friends" pode ser adquirida por R$ 39,90 (ou episódios avulsos a R$ 3,90). É claro que a compra digital é cara até mesmo lá fora ou em veículos como o iTunes, mas o valor é quase o mesmo de um box de DVD, o que pode frustrar o consumidor acostumado com os serviços atuais. 

Disponibilidade?

Aparentemente, já é possível alugar filmes e até testar o mês grátis: o Looke parece estar no ar desde o início de abril deste ano, mas são poucas as informações a respeito do serviço. Há menção a ele na página de filmes digitais da Saraiva e contas no Twitter e Facebook já foram criadas, apesar do número baixo de adeptos.

Entramos em contato com o Looke para obter mais informações. A matéria será atualizada de acordo com a opinião emitida pelos responsáveis.

Cupons de desconto TecMundo: