(Fonte da imagem: Wikimedia Commons/Matt Buchanan)

Reuters. Por Edwin Chan - O presidente-executivo da Apple, Steve Jobs, autorizará a publicação de uma biografia em 2012 escrita pelo autor de best-sellers Walter Isaacson.

Jobs, ícone do Vale do Silício que lutou contra uma forma rara de câncer no pâncreas e passou por um transplante de fígado em 2009, concedeu ao biógrafo entrevistas exclusivas ao longo de três anos --um nível sem precedentes de acesso ao executivo.

"Assim como fez com Einstein e Benjamin Franklin, Walter Isaacson está contando a história única de um gênio revolucionário", afirmou Jonathan Kard, editor da Simon & Schuster em um comunicado.

Jobs é reconhecido por ter mudado o rumo da computação pessoal durante os dois momentos nos quais esteve à frente da Apple, ao mesmo tempo em que seu estilo único e o iPod, iPhone, iPad e o Mac fizeram dele um nome popular.

Considerado insubstituível por muitos fãs e investidores da Apple, ele entrou em licença médica por tempo indefinido em janeiro para concentrar-se em sua saúde --dois anos após uma ausência na empresa também por motivos de saúde.

O co-fundador da Apple, de 55 anos, não disse nada sobre a natureza de seus últimos problemas médicos. Jobs fez sua última aparição pública em março para lançar o iPad 2.

A biografia --intitulada "iSteve: The Book of Jobs" será publicada pela Simon & Schuster no início de 2012. O autor é ex-diretor executivo da revista Time e já foi diretor da CNN.

Cupons de desconto TecMundo: