Expectativas são maiores para filme dirigido por Ficher que para o anterior (Fonte da imagem: Reprodução/Hollywood Reporter)

Steve Jobs deve ganhar sua segunda cinebiografia após sua morte. Depois da primeira, em que Ashton Kutcher atua como o cofundador da Apple, não ter agradado à crítica ou ao público, a Sony Pictures é quem vai comandar a nova empreitada para mostrar nos cinemas a vida de Jobs. O diretor David Ficher é o nome mais cotado para dirigir o novo filme, tanto que já tem conversado com o criador do roteiro, Aaron Sorkin, sobre as possibilidades da produção.

Como estamos falando de um filme que ainda sequer decidiu oficialmente quem será seu diretor, não há como ter uma expectativa de lançamento muito precisa. De qualquer maneira, o diretor deve mesmo ser Ficher, que esteve por trás de obras como "Clube da Luta" e "O Curioso Caso de Benjamin Button", além da série "House of Cards", do Netflix. Ele dirigiu ainda "A Rede Social", que contava história do Facebook.

A nova cinebiografia de Steve Jobs será baseada no livro sobre a personalidade escrito por Walter Isaacson, lançado em 2011. Não há, entretanto, detalhes sobre como a obra será abordada no cinema ou qualquer foco específico até o momento.

Cupons de desconto TecMundo: