(Fonte da imagem: Steam)

Além da revelação do Big Picture Mode, a Valve aproveitou a edição 2011 da Game Developers Conference para anunciar melhorias de segurança para o Steam. Batizado com o nome Steam Guard, a nova característica do sistema de compras de jogos vai permitir que os usuários vinculem suas contas a um computador específico para maior segurança de dados.

Caso alguém use os dados de registro para acessar o Steam em outro lugar, surge na tela uma mensagem de alerta que pergunta se o procedimento deve prosseguir ou não. Dessa forma, a Valve espera diminuir o número de roubos de identidades e fraudes que acontecem no serviço. Segundo a companhia, qualquer desenvolvedor terceirizado poderá incorporar a tecnologia a seus jogos.

Tecnologia de Proteção de Identidade

A novidade incorpora alguns elementos da Tecnologia de Proteção de Identidade (IPT) da Intel, recurso baseado em hardware que vincula computadores a uma conta online para evitar fraudes. Presente nos processadores de segunda geração Intel CoreT e Intel CoreT vProT, a tecnologia gera uma nova senha numérica com 6 caracteres a cada 30 segundos, que somente a máquina ligada ao login online escolhido pelo usuário é capaz de desvendar.

(Fonte da imagem: Intel)

O uso de recursos específicos do computador ou da máquina como um todo só é liberado a partir do momento em que esse código é inserido. Ou seja, quem tentar acessar dados confidenciais em outro local terá pela frente uma tarefa praticamente impossível.

Segundo o presidente da Valve, Gabe Newell, o roubo de contas é o principal problema enfrentado pela companhia atualmente. Com o uso do IPT, a esperança é uma queda substancial no número de queixas, garantindo aos jogadores a confiança necessária para investir mais dinheiro na compra de bens digitais.

Cupons de desconto TecMundo: