Um engenheiro da Valve explicou através do GitHub que o SteamOS não terá mais o modo de “suspensão”, como encontrado em consoles concorrentes da atual geração. Xbox One e PS4 já contam com a ferramenta que evita que o jogador precise desligar completamente o console sempre que deixa de jogar por alguma razão. Com esse recurso, o tempo de inicialização/retomada é bem mais curto.

Ao que parece, entretanto, a Valve tentou bastante fazer isso funcionar em seu sistema, mas vários problemas foram encontrados. “Dado o atual estado do suporte gráfico em hardware e software do Linux, nós achamos que não conseguiríamos fazer isso funcionar de forma confiável”, escreveu o engenheiro da companhia.

O que ele relata parece ser referente a um problema um tanto conhecido na plataforma do pinguim. Em algumas máquinas, colocar o sistema em modo de suspensão pode gerar uma série de problemas inconvenientes, como a total perda de comunicação com periféricos ao retomar o SO. Há relatos ainda da possibilidade de o sistema confundir um periférico com outro, o que deve gerar uma série de dificuldades.

A Valve não deve disponibilizar mais esse recurso nas builds preliminares do seu sistema por enquanto. Quem sabe em alguma grande atualização futura isso possa beneficiar novamente os usuários, evitando uma reinicialização do sistema sempre que o console com SteamOS for utilizado.

Cupons de desconto TecMundo: