“Eu vou matar Gabe Newell. Ele vai morrer”. Foi após publicar essa mensagem que Mike Maulbeck, responsável pelo jogo de tiro em primeira pessoa Paranautical Activity, teve o seu game removido do Steam. 

De acordo com uma série de mensagens publicadas no Twitter, Maulbeck começou a se irritar quando viu que a Valve ainda estava promovendo Paranautical Activity como um jogo de acesso antecipado enquanto, na verdade, ele já havia sido lançado oficialmente. 

“[A] Valve marcou nosso game como ‘agora em Acesso Antecipado’, mas nós já havíamos lançado a versão oficial. Eu sabia que isso poderia afetar negativamente as vendas e confundir os consumidores. E, de fato, comecei a receber tweets e emails de pessoas dizendo que eu havia marcado o jogo com Acesso Antecipado para evitar críticas referentes à versão final”, comentou o desenvolvedor ao site Eurogamer. 

Por conta disso, várias mensagens foram publicadas na conta de Maulbeck no Twitter. A que você confere abaixo, por exemplo, é referente ao status do jogo em sua página no Steam, mostrando que ele ainda não estava com a marcação de um game que está completo.

Após essa mensagem, ele também comentou que a Valve o havia forçado a adiar o game porque não faziam lançamentos no final de semana, e que estava cheio de lidar com um serviço e pessoas incompetentes. Não demorou muito para que ele escrevesse, na rede social, as frases que abrem essa notícia. 

Explicação e resposta da Valve 

Falando ao site Polygon, Maulbeck comentou sobre o episódio, e também disse que tais mensagens apareceram na rede social por conta da frustração que ele estava sentindo no momento. 

“Esse era um projeto no qual investi anos da minha vida, estava muito frustrado com o erro [que a Valve] cometeu, então publiquei uma série de mensagens chamando-os de incompetentes, o que eventualmente culminou com a minha mensagem dizendo ‘eu juro que vou matar Gabe’ ou algo assim. Uma coisa que evidentemente não faria, mas que foi totalmente inaceitável e feita num momento em que estava tomado pelo calor da frustração que sentia no momento”, continuou o criador do jogo. 

Em resposta enviada por email ao Polygon, Doug Lombardi, vice-presidente de marketing da Valve, disse que o jogo realmente foi removido da rede de distribuição digital, e que a empresa cortou relações com o desenvolvedor (que também perdeu sua conta de administrador no Steam). 

“Eu obviamente tentei explicar a eles que eu não queria dizer aquilo e pedi para considerarem o monopólio que eles possuem no mercado de PC antes de tomar alguma medida contra nós, mas sejamos francos. Se eles tiraram o jogo da loja, eles realmente estão certos de suas decisões. Provavelmente não há mais nada que possa ser feito”, concluiu o responsável por Paranautical Activity.

Cupons de desconto TecMundo: