O que era para ser apenas mais uma promoção sasonal do Steam acabou por se transformar em um verdadeiro caos online — borbulhante de teorias da conspiração, rancores e denúncias de trapaças. Na verdade, caso você rume agora para os fóruns do Steam relacionados à Summer Adventure 2014 (Aventura de Férias), é possível que mais alguém tenha uma explicação irrevogável de como, afinal, alguém anda levando a vantagem.

“Ok, mas, do que se trata, afinal?”, deve ser a sua dúvida (muito razoável) agora. Dessa forma, antes de mais nada, vale uma explicação de como a Valve organizou o seu mais novo período promocional.

Como funciona a Summer Adventure 2014

Como já deve ser bem conhecido de usuários de longa data do Steam, a cada início de verão no Hemisfério Norte (período de férias), a Valve lança mão de uma promoção parruda para aumentar a sua coleção de jogos — e, de quebra, também a “coleção” de moeda corrente da publicadora.

Bem, ocorre que esses períodos são normalmente acompanhados por “megajogos”, os quais normalmente envolvem a coleta de conquistas em vários jogos, em um esforço colaborativo visando uma premiação qualquer. Neste ano, a Steam Summer Adventure convidou os jogadores a entrar em um de cinco equipes, as quais são identificadas pelas cores azul, verde, púrpura, vermelho e cor-de-rosa.

A ideia é que cada um dos membros faça o possível para coletar cards — seja por meio de jogos, votações ou de negócios com a comunidade de jogadores do Steam —, os quais, como é bem sabido, são utilizados para forjar os famigerados badges. Ao final do dia, a equipe que tiver a maior quantidade de badges leva a melhor e, entre seus membros, 30 sortudos poderão levar gratuitamente três jogos da sua lista de desejos (wishilist).

Relativamente simples, como se viu. Entretanto, a proposta foi suficiente para transformar boa parte da comunidade online do Steam em uma massa igualmente ardilosa, teorista e desconfiada. O motivo, a princípio, foi certa “mordida” dada pela Valve em cada venda de cards.

Interesses escusos da Valve?

A “coisa” toda foi atirada ao ventilador quanto alguns usuários perceberam que, das cinco equipes, sempre uma acabava levando a melhor com uma vantagem consideravelmente expressiva. Não ajudou ainda o fato de que, ao que parece, a representação gráfica dos pontos de cada equipe não propriamente condiz com os valores numéricos.

Eis, portanto, uma das teorias que mais fez barulho nesta semana: o Steam estaria projetando gráficos irreais para a equipe que “deveria” ganhar no dia.

De acordo com os teoristas, essa liderança por uma margem dita “irreal” faria com que os pobres infelizes gastassem muito mais na compra de jogos e, principalmente, na troca de cards dentro da comunidade online — trocas que, conforme dito, garantem ao Steam um quinhão fixo. Isso em um ímpeto para manter a liderança “disparada”.

Na verdade, o que não faltam são tópicos clamando a “mutreta” do processo. Dizem que seria justamente o dinheiro obtido com as trocas de cartas que garantiria os descontos consideráveis do período. Entretanto, para um outro grupo de teoristas (um tanto mais razoável), as cordas da possível falcatrua eram puxadas em outro lugar: no Reddit.

Um plano arquitetado no Reddit?

Por fim, se chega ao Reddit, alvo tornado primordial após grande parte das atenções sobre a própria Valve terem dispersado — embora o silêncio da companhia em relação ao assunto não tenha ajudado muito, diga-se de passagem. Como estopim, há a chamada “Operation: Everyone Work as a Team” (Operação: Todos trabalham em Equipe), lançada via Reddit no momento em que o metajogo Steam Summer Adventure 2014 aparecia.

Eia a ideia da “operação”: cada equipe poderia levar a melhor em um dia da semana. Dessa forma, em vez de comprar jogos e se esforçar para forjar badges livremente, o sistema garantia que os usuários do Reddit — divididos em cinco equipes — poderiam levar a melhor sempre. Isso porque reservariam seus recursos para gastá-los todos de uma vez, angariando uma vantagem indiscutível na competição com usuários que não estivessem por dentro da tramoia.

“Se você ‘lutar’ contra as outras equipes, você vai gastar montes de dinheiro”, postou o usuário do Reddit DayZ_slayer. “Se você esperar pelo momento em que eles não estejam gastando dinheiro, as chances de a sua equipe ganhar são muito maiores. Por que lugar quando se pode simplesmente fazer um acordo sobre quando forjar [badges]?”

Dessa forma, caso você fosse um usuário, bastaria esperar pelo dia da semana certo para, então, empurrar todas as suas fichas (ou badges) para o centro da mesa. Ocorre, entretanto, que, nesse momento, a Valve resolveu mudar as regras do jogo.

2º e 3º lugares também levam agora

As especulações esfriaram apenas quando a Valve resolveu se manifestar — mesmo que indiretamente — sobre o ocorrido. Seja pelo caráter das manifestações ou simplesmente porque não havia espaço para mais nada dentro dos fóruns do Steam (nada que não tivesse o termo “trapaça” ou variantes, pelo menos), fato é que a publicadora resolveu mudar consideravelmente as regras do jogo.

Atualmente, são premiadas as equipes que terminarem o dia em 1º, 2º e 3º lugares — embora sejam sorteados apenas 20 usuários (segundo lugar) ou mesmo 10 (terceiro lugar), os quais podem escolher, respectivamente, dois jogos ou um entre aqueles constantes em suas wishlists. O resultado, segundo consta, foi o completo caos, sobretudo no que se refere à organização dos usuários do Reddit.

Conta-se que os usuários da rede se desorganizaram consideravelmente. Havia quem ainda queria se manter no plano original — embora permitindo que as demais equipes concorressem pelo segundo e pelo terceiro lugar. Entretanto, uma boa parte prometeu se reorganizar de outra forma... Enquanto um terceiro grupo simplesmente debandou.

Bem, seja lá o que realmente exista sob o capô do Steam Summer Sale, não se pode negar que a proposta estimulou a competitividade e atraiu as atenções para o serviço — mesmo que as coisas não tenham propriamente seguido os planos da Valve.

Cupons de desconto TecMundo: