Steam Machines serão dedicadas ao SteamOS, baseado em Linux (Fonte da imagem: Divulgação/Steam)

A Valve deu uma chacoalhada no mundo dos games nos últimos dias com seu projeto da Steam Machine, um computador projetado para suprir as necessidades de usuário avançados que preferem jogar no PC em vez de consoles tradicionais. Até agora, entretanto, a empresa não tinha comentado nada sobre o que viria dentro desse dispositivo. O mistério acabou com uma postagem da companhia no Steam Community, explicando como deve ser o produto, pelo menos inicialmente.

Para começar, as primeiras 300 unidades da Steam Machine a serem distribuídas estão classificadas basicamente em três categorias. Uma mais básica carregando um chip Intel i3 indeterminado e duas mais potentes, com i5-4570 e i7-4770. Ainda assim, os três modelos terão em comum a quantidade de RAM e GDDR5 para a GPU. Confira os detalhes:

  • GPU: as melhores máquinas com NVIDIA Titan, algumas com GTX780, GTX760 e GTX660;
  • CPU: as melhores máquinas com Intel Core i7-4770 de quarta geração, algumas com i5-4570 e outras com i3 indeterminado;
  • RAM: 16 GB;
  • GDDR5: 3 GB;
  • Armazenamento: 1 TB de HDD e 8 GB de SSD;
  • Energia: 450w 80Plus Gold;
  • Dimensões: 30,48 x 31,49 x 7,36 cm (tamanho aproximado ao do Xbox 360 S).

A aparência do produto ainda não foi revelada, mas a Valve comenta que quer produzir uma carcaça bonita o suficiente para que você possa a colocar na sua sala de TV. Ou seja, nada de extravagâncias, milhares de luzes, neons e ventoinhas gigantes.

Quando o modelo for apresentado, a companhia pretende liberar o arquivo CAD para que usuários possam alterar e construir seus próprios dispositivos seguindo os detalhes da Steam Machine. O The Verge estima que, nos EUA, um computador com especificações como as deste poderia custa entre US$ 700 e US$ 1800.

Cupons de desconto TecMundo: