Uma atualização feita recentemente no aplicativo Folding@Home fez dele um excelente aliado de cientistas que estão em busca da cura para o câncer de mama e outras doenças. Agora, o seu smartphone pode realizar cálculos enquanto você dorme, agilizando o processo de algumas pesquisas. 

De acordo com as informações divulgadas, quando o seu aparelho está carregando ou com o WiFi ligado e o aplicativo aberto, ele auxilia na realização de cálculos complexos que são úteis para estudar a quebra de moléculas de proteína. Caso não queira mantê-lo trabalhando enquanto dorme, é possível configurar os horários nos quais serão feitas as simulações. 

“A proteína que estamos pesquisando leva cerca de 300 mil nanosegundos para ser quebrada, e um smartphone pode simular cerca de um nanosegundo por dia, que dá uma ideia da escala na qual estamos trabalhando. Porém, se dez mil celulares trabalham oito horas por dia, o projeto pode ser concluído em menos de três meses. A última atualização para o aplicativo vai tornar esse processo simples e mais agradável para que as pessoas se envolvam nessa importante pesquisa, além de auxiliar o nosso time”, comentou o pesquisador Vijay Pande, da Universidade de Stanford. 

Vale mencionar que enquanto o Folding@Home está em execução é possível usar o dispositivo sem qualquer tipo de transtorno. Os resultados obtidos são enviados para o servidor da instituição que está trabalhando na pesquisa enquanto um outro pacote é executado.

Outras novidades 

Somado a isso, a atualização 2.0 para o aplicativo também conta com uma interface reformulada que traz um pouco do que foi visto no Material Design. A interface também ficou mais simples, e oferece botões para ligar e desligar tanto na tela inicial quanto na área de notificações. 

Por fim, há ainda a possibilidade de acessar o Google Game Services para obter conquistas colaborativas e competir com os seus amigos, oferecendo opções adicionais para quem utiliza o Folding@Home.

Cupons de desconto TecMundo: