A Sony anunciou o resultado financeiro para o terceiro trimestre de seu ano fiscal. Entre outras informações, a companhia divulgou que pretende vender 17,5 milhões de consoles, entre PlayStation 4 e PlayStation 3, até 31 de março de 2015, um aumento de 500 mil unidades desde a previsão de outubro do ano passado.

A meta é superior ao resultado de 2012/2013, quando foram vendidos 16,5 milhões de consoles, e ao de 2013/2014, em que se comercializaram 14,6 milhões de unidades. Naturalmente, a maior parte dos 17,5 milhões planejados será de PlayStation 4.

No terceiro trimestre do atual ano fiscal, que foi de 1º de outubro a 31 de dezembro, a companhia vendeu 7,5 milhões de consoles, sendo 6,4 milhões de PlayStation 4 e 1,1 milhão de PlayStation 3. Esse foi o trimestre em que a Sony mais vendeu PS4, mas, se as coisas andam bem nesse ramo, os portáteis veem queda: foram 1,4 milhão no 3º trimestre fiscal, enquanto no mesmo período do ano anterior as vendas foram de 2 milhões.

Em alta

O segmento de jogos e serviços de rede, no qual estão inseridos os negócios do PlayStation, teve vendas de 531,5 bilhões de ienes (R$ 14,1 bilhões), aumento de 16,8 % em relação ao terceiro trimestre do ano fiscal de 2013/2014, e lucros operacionais de 27,6 bilhões de ienes (R$ 744 milhões).

A Sony atribuiu o resultado das vendas ao aumento da saída do PlayStation 4 e ao impacto do crescimento do dólar frente à moeda japonesa. Os produtos de rede, como a assinatura da PlayStation Plus, também contribuíram para o valor. Já para os lucros operacionais, a Sony citou a eliminação dos títulos da Sony Online Entertainment como principal fator. Em fevereiro, a Sony vendeu a divisão de games online para a empresa de investimento Columbus Nova.

Para o ano fiscal completo, a divisão de games da Sony pretende ter vendas de 1,38 trilhão de ienes (R$ 37,2 bilhões) e lucros operacionais de 40 bilhões de ienes (R$ 1,08 bilhão).

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: