Embora encarasse o mercado de smartphones como uma alternativa viável para escapar da crise pela qual passa há certo tempo, a Sony não teve um desempenho exatamente positivo nesse segmento até o momento. Com isso, a empresa decidiu mudar sua estratégia e deve passar a se focar em produtos de alto desempenho com custo superior — decisão que deve afetar o Brasil.

Segundo informações divulgadas pelo periódico japonês Yomiuri, a companhia deve deixar de vender telefones e celulares de baixo e médio desempenho na China e em países latino-americanos. Entre os principais motivadores da decisão está a concorrência imposta por fabricantes chineses, que forçaram a empresa a reduzir suas previsões de venda para 2014 e que também afetam o domínio de marcas como a Samsung.

A partir de agora, a Sony deve focar esforços em mercados consolidados como Japão, Europa e Estados Unidos para compensar as dificuldades que está encontrando em países emergentes. Este ano, a organização prevê perdas de 230 bilhões de ienes (equivalente a aproximadamente R$ 5,345 bilhões), quase cinco vezes o valor de sua estimativa inicial.

Cupons de desconto TecMundo: