(Fonte da imagem: Reprodução/The Verge)

A Sony divulgou nesta quinta-feira (10 de maio) seu relatório para o ano fiscal de 2011 em que registra perdas de 457 bilhões de Yens em suas operações (US$ 5,7 bilhões). No último trimestre do ano, a companhia teve prejuízos de 255 bilhões de Yens (US$ 3,2 bilhões), marcando a quinta vez seguida em que uma situação semelhante se repete.

A expectativa inicial da empresa era de que o prejuízo total seria de US$ 6,4 bilhões, causado principalmente devido ao pagamento de impostos ao governo norte-americano (estimados em US$ 3,6 bilhões). Entre os motivos listados pela companhia para o desempenho decepcionante estão taxas de câmbio desfavoráveis, o impacto negativo do terremoto que devastou grande parte do Japão e a inundação de suas fábricas na Tailândia.

Vendas do PlayStation 3 em queda

O relatório também mostra uma desaceleração das vendas do PlayStation 3. Enquanto em 2010 foram comercializadas 14,3 milhões de unidades do console, em 2011 o produto vendeu 13,9 milhões de cópias. Enquanto isso, 4,1 milhões de unidades do PlayStation 2 foram adquiridas pelos consumidores, uma queda em comparação aos 6,4 milhões de dispositivos que saíram das lojas no mesmo período do ano anterior.

(Fonte da imagem: Reprodução/VG 24/7)

Embora o número de consoles tenha diminuído, houve um aumento no número de softwares adquiridos pelos donos da plataforma. Ao todo, foram vendidos 156,6 milhões de títulos para o video game — para efeitos de comparação, no ano fiscal de 2010 foram comercializadas 147,9 milhões de unidades de novos jogos.

Números do PlayStation Vita

Embora o relatório deixe de lado os números do portátil PlayStation Vita, o novo CEO da companhia, Kaz Hirai, afirmou ao site EuroGamer que já foram vendidas mais de 1,8 milhões de unidades do dispositivo. Os números compreendem os consoles comercializados nos Estados Unidos, Japão, Ásia e Europa. “Como uma fase inicial, eu acho que é um bom começo”, declarou o executivo.

Fontes: Sony, The Verge, EuroGamer

Cupons de desconto TecMundo: