(Fonte da imagem: Reprodução/The Verge)

Embora, na teoria, Kazuo Hirai não assuma o cargo de CEO da Sony até o dia primeiro de abril, na prática as decisões do novo dirigente já podem ser sentidas. A gigante japonesa anunciou nesta terça-feira (27 de março) uma mudança em sua organização interna, que tem o objetivo de acelerar e simplificar o processo de tomar novas decisões.

Sob o novo plano, que entra em vigor a partir do próximo domingo (primeiro de abril), vai sumir a divisão entre os setores de produtores para consumidores, dispositivos profissionais e grupos de serviço. O objetivo é a criação de “Uma Sony”, que vai ter como foco a produção de conteúdos que envolvem imagens digitais, jogos eletrônicos e dispositivos móveis.

Mudanças internas

Como forma de assegurar que a companhia vai priorizar o que tem de mais forte, o quadro de dirigentes elegeu dois novos membros. Shoji Nemoto vai ficar a cargo das estratégias de tecnologias, determinando os projetos que vão ser trabalhados pelo departamento de Pesquisa e Desenvolvimento.

Já Kunimasa Suzuki vai ser o responsável por melhorar a experiência de usuário e pela integração dos aparelhos produzidos pela companhia. Além disso, a Sony divulgou que vai passar a dar mais atenção à sua linha de produtos médicos, identificados internamente como uma de suas maiores forças.

O novo CEO, Kazuo Hirai, vai ser o responsável pela supervisão direta do setor de entretenimento pessoal, incluindo o deficitário departamento de televisores. O objetivo da decisão tomada pela companhia é priorizar os produtos que têm se mostrado bem-sucedidos e aumentar a colaboração entre seus membros, em uma tentativa de evitar gastos desnecessários e investimentos em áreas que não se mostram lucrativas.

Cupons de desconto TecMundo: