A Sony está pronta para alterar a marca dos seus smartphones após a aquisição das ações da Ericsson, que terminou com uma joint venture de dez anos. Um alto executivo da empresa, Kristian Tear, afirmou ao IndiaTimes que até a metade do ano que vem a marca Sony Ericsson deixará de existir, ficando somente Sony.

O movimento também tornará a linha de celulares da Sony 100% vinculadas ao Android. Dessa forma, toda a franquia de “feature phones” deixará de existir, como é o caso dos Sony Walkman.

“Muito planejamento é necessário para conseguir que a marca fique adequada, mas conseguiremos terminar a mudança até a metade do ano que vem. Isso também significa que os investimentos em mercado e propaganda irão aumentar. Nós não estamos tão fortes como estávamos há alguns anos, mas daremos a volta por cima, investindo cada vez mais no nome da empresa”, afirmou Tear.

Atualmente a Samsung ocupa o lugar que a Sony almeja. A empresa coreana se tornou a maior vendedora mundial de smartphones no terceiro trimestre de 2011, entregando 24 milhões de aparelhos. A Sony Ericsson, por outro lado, vendeu “apenas” 9,5 milhões de aparelhos.

Cupons de desconto TecMundo: