(Fonte da imagem: Divulgação/Sony)

Após muito mistério (e uma mudança de nome), a Sony revelou nesta quarta-feira (31 de agosto) todos os detalhes referentes aos novos tablets Sony S e Sony P. Os dispositivos, que tentam conquistar uma fatia do mercado pelo iPad, se destacam pela inclusão do serviço de distribuição de conteúdo Qriocity.

O Sony S possui um display IPS de 9,4 polegadas com as tecnologias TruBlack e Bravia que, segundo a empresa, garantem uma imagem mais cristalina e melhor reprodução dos tons de branco e preto das imagens. O dispositivo estará disponível em modelos de 16 GB e 32 GB com conectividade Wi-Fi, e em breve deve ser lançada uma versão com a tecnologia 4G em parceira com a operadora AT&T.

(Fonte da imagem: Divulgação/Sony)

Já o Sony P vem equipado com duas telas de 5 polegadas com resolução 1024x480 pixels, capazes de funcionar de forma independente ou simultânea, dependendo do aplicativo utilizado pelo usuário. Ambos os dispositivos possuem o sistema operacional Android 3.2 (Honeycomb), desenvolvido especialmente para uso em tablets.

Compatibilidade com outros dispositivos

A Sony incluiu em seus portáteis um port IR, que permite a interação com outros produtos fabricados pela companhia. Exemplo disso é a possibilidade de desligar televisores a partir do aparelho, ou interagir com os menus do PlayStation 3, opção garantida pela marca “PlayStation Certified” incluída nos aparelhos.

(Fonte da imagem: Divulgação/Sony)

Os aparelhos chegam às lojas europeias até o final de setembro, com preços sugeridos de € 479 (para o Sony S) e € 599 (para o Sony P). Embora a companhia não tenha confirmado o lançamento em outros mercados, os tablets devem chegar aos Estados Unidos em poucas semanas por US$ 499 (Sony S) e US$ 599 (Sony P).

Cupons de desconto TecMundo: