Óculos-Capacete da Sony. (Fonte da imagem: Develop)

Mick Hocking, chefe do Sony London Studios, em uma entrevista ao site Develop, afirmou que a realidade virtual pode voltar a ser tendência no mundo dos games graças às novas tecnologias 3D. Ele falou sobre o display 3D usado como um capacete da Sony, que foi apresentado durante a última CES, e afirmou que alguns jogos já estão testando esse tipo de experiência.

Sobre o “capacete”, Hocking afirmou: “No momento é apenas um display; a cabeça ainda não é rastreada, mas isso é algo que estamos pesquisando e desenvolvendo”. O aparato tem duas telas OLED para colocar o jogador dentro do game. Elas são presas à cabeça com óculos especiais e, por isso, ficam diretamente nos olhos do gamer. Parece-se muito com aqueles óculos de realidade virtual que ganharam notoriedade na década de 90.

Hocking acredita que a realidade virtual pode voltar com tudo graças à explosão do 3D e da profusão de aparelhos compatíveis. “Certamente parece possível, e esses displays-capacete incorporam tecnologias 3D. É muito, muito legal. E obviamente é uma maneira fantástica de desfrutar do 3D porque ambas as imagens são enviadas diretamente para cada olho”, afirmou.

Interesse da Sony

Hocking também comentou que a Sony está interessada em outras tecnologias 3D, como o PlayStation Monitor. “Uma das coisas legais que anunciamos é o novo PlayStation Monitor, não somente um ótimo monitor HD, 2D e 3D, mas que também suporta um recurso único para dois jogadores se enfrentarem na mesma tela cheia sem que um veja a tela do outro”.

Ao todo, a Sony tem atualmente cerca de 50 projetos que utilizam 3D. Segundo Hocking, é preciso que os novos desenvolvedores sejam propriamente educados sobre a criação de jogos 3D para que eles sejam de alta qualidade.

Cupons de desconto TecMundo: