Em um anúncio feito na última segunda-feira (30) a investidores, a Sony afirmou que perdeu US$ 977 milhões (US$ 3 bilhões) em seu negócio de filmes. O resultado financeiro negativo é de uma aposta muito grande na venda de DVDs e discos de Blu-Ray, mercados cujo declínio está ocorrendo de forma mais rápida que a prevista anteriormente.

“O declínio do mercado de DVDs e Blu-Rays foi mais rápido do que antecipávamos”, afirmou à Bloomberg o porta-voz Takashi Iida. Segundo a companhia, o prejuízo total às suas operações ainda está sendo calculado e deve ser divulgado a investidores no dia 2 de fevereiro, data em que ela vai apresentar seu relatório fiscal para o primeiro trimestre fiscal de 2017.

O declínio do mercado de DVDs e Blu-Rays foi mais rápido do que antecipávamos

“Esperamos que o lucro do segmento de Imagens em geral cresça devido a medidas já colocadas em prática para aumentar a lucratividade do negócio de Filmes e expandir as Produções Televisivas e o negócio de Redes de Mídia”, afirma a organização. “O segmento de Imagens continua sendo importante para a Sony”, complementa o anúncio.

Outros pontos problemáticos para a companhia neste ano foram os desempenhos abaixo de esperado de Caça-Fantasmas e Angry Birds nos cinemas ao redor do mundo. A empresa atualmente está passando por uma fase de transição em sua divisão de entretenimento após Michael Lynton, que conduzia esses negócios há 13 anos, anunciar que vai assumir como presidente da Snap, Inc.

Cupons de desconto TecMundo: