A oferta de um smartphone que tenha a capacidade de aguentar até dois dias longe das tomadas com certeza chama atenção de qualquer consumidor. Afinal, a bateria é um aspecto muito importante na compra desse tipo de aparelho. Se o dispositivo ainda for dual chip, tiver suporte a TV digital e apresentar um design diferenciado, maiores são as chances de o comprador gamar nele.

Esses são os principais destaques do Xperia E4 Dual, o novo smartphone de entrada da Sony, destinado para aqueles que não querem gastar muito. Esse aparelho é considerado um concorrente direto do Moto E (segunda geração) recentemente analisado pelo TecMundo, o novo dispositivo da entrada da Motorola. Será que o Xperia E4 Dual consegue superar os adversários em nossa análise?

Especificações técnicas do Xperia E4 Dual.

Especificações técnicas Xperia E4 Dual

  • Sistema operacional: Android 4.4.4 (KitKat)
  • Tela: IPS LCD de 5 polegadas
  • Resolução da tela: 960x540 pixels
  • Densidade de pixels: 220 ppi
  • Chipset: MediaTek MT6582
  • CPU: quad-core de 1,3 GHz
  • GPU: Mali-400MP2
  • Memória RAM: 1 GB
  • Armazenamento interno: 8 GB
  • Armazenamento externo: até 32 GB com cartão micro SD
  • Câmera traseira: 5 MP
  • Câmera frontal: 2 MP
  • Bateria: 2.300 mAh
  • Conectividade: WiFi (802.11 b/g/n), Bluetooth 4.1, GPS (A-GPS), 3G e rádio FM
  • Sensores: acelerômetro, proximidade
  • Extras: suporte a dois chips de operadora e TV Digital
  • Dimensões: 137 mm (altura) x 74,6 mm (largura)
  • Espessura: 10,5 mm
  • Peso: 144 gramas
  • Preço oficial no lançamento: R$ 699

Design

O design do Xperia E4 é um das “surpresas” nesse aparelho. Aqui, as opiniões ficaram um pouco divididas: alguns dizem que ele ficou mais bonito, enquanto outros criticam o novo visual. Independente dessa discussão, é inegável que a robustez é uma marca desse dispositivo.

O Xperia E4 ficou bem maior que seu antecessor, principalmente na espessura. As principais culpadas para isso são as bordas e carcaça de plástico. O display ainda tem uma elevação em relação ao restante do dispositivo, e a entrada para o conector de entrada manteve a mesma posição curiosa do Xperia E3. O botão principal segue a tendência da Sony e é acompanhado pelo controle de volume e a antena para o sinal da TV digital.

Tela

A tela desse smartphone da Sony desagradou um pouco em nossa análise por não possuir uma camada oleofóbica. Assim, marcas de dedo são uma constante na utilização do Xperia E4.

Apesar disso, o controle de brilho e a intensidade das cores oferecem uma experiência de uso satisfatória, mesmo quando o aparelho é utilizado em condições desfavoráveis. O tamanho do display é agradável, mas a carcaça robusta pode dificultar a utilizadão do smartphone com apenas uma mão.

Interface

O Xperia E4 apresenta a tradicional versão do Android KitKat modificada pela Sony. Isso significa que você vai encontrar alguns aplicativos pré-instalados e que não podem ser removidos através do método tradicional.

No geral, a interface é fluida e bem organizada, mas tem como grande desvantagem a demora em receber atualizações oficiais do Android. No caso desse smartphone, nem há previsão da chegada do Lollipop.

Desempenho

No caso do desempenho, o Xperia E4 agradou em nossa análise. Apesar de ter ficado atrás dos concorrentes em alguns testes de benchmark, na prática o aparelho se mostrou tão bom quanto os outros na execução de apps e jogos.

Apostando em um chipset da MediaTek, o MT6582 quad-core de 1,3 GHz, o Xperia E4 foi capaz de executar games pesados, como Asphalt 8 e Modern Combat 5, com tranquilidade. Jogos mais leves também não apresentaram problemas.

Benchmark

Na realização desta análise, foram utilizados cinco aplicativos de benchmark para avaliar o Xperia E4: o 3D Mark (Ice Storm Unlimited), o AnTuTu Benchmark 5, o GFX Bench (T-Rex HD Off Screen), o Vellamo Mobile Benchmark (HTML5 e Metal) e o PCMark for Android. Por uma questão de comparação, incluímos nos gráficos os modelos Moto E (segunda geração), Xperia E3 Dual, Zenfone 5 e Moto G (segunda geração).

Vellamo Mobile Benchmark

Essa opção é bastante versátil por oferecer dois testes para os aparelhos: o HTML5 e o Metal. No primeiro deles, o desempenho do smartphone para navegação na web é colocado à prova. No Metal, o processador é avaliado, e uma nota final é atribuída à sua performance. Maiores pontuações indicam um melhor desempenho.

Vellamo Mobile Benchmark.

3D Mark (Ice Storm Unlimited)

O 3D Mark é um dos testes de benchmark mais conceituados do mercado. Para a análise do Xperia E4, executamos o Ice Storm Unlimited, uma das opções oferecidas pelo aplicativo. Quanto maior a pontuação, melhor o desempenho.

3D Mark (Ice Storm Unlimited).

AnTuTu Benchmark 5

Esse aplicativo é um dos mais completos da categoria quando se trata de analisar o hardware de um aparelho. O AnTuTu Benchmark 5 faz testes de interface, CPU, GPU e memória RAM. Pontuações maiores representam um desempenho melhor.

AnTuTu Benchmark 5.

GFX Bench (T-Rex HD Offscreen)

O GFX Bench é um teste de benchmark para avaliar a qualidade gráfica de um dispositivo. O procedimento inclui uma série de testes que avaliam, entre outras coisas, a qualidade de renderização e o consumo de energia para exibição de imagens. Pontuações maiores (calculadas em frames por segundo – FPS) indicam um desempenho melhor.

GFX Bench (T-Rex HD Offscreen).

PCMark for Android

O PCMark for Android é um benchmark de bastante qualidade e que avalia a duração de bateria do smartphone em condições reais de uso. O teste é baseado em atividades que executamos diariamente, como navegação na internet e execução de arquivos multimídia. O resultado da avaliação do Xperia E4 Dual mostra que ele aguenta até 6 horas e 44 minutos em uso intenso.

Porém, a desvantagem fica por conta do espaço interno. Apesar de ter 8 GB de armazenamento, pouco menos de 5 GB sobram para os consumidores instalarem apps e armazenarem arquivos. O uso de um cartão micro SD pode amenizar o problema, mas não ajuda no caso dos aplicativos que não podem ser movidos para o armazenamento externo.

Câmera

As câmeras do Xperia E4 mostram que a Sony precisou economizar em algum ponto. Os sensores apresentados pelo aparelho têm uma qualidade satisfatória para uso cotidiano, mas não impressionam aqueles que esperavam mais da companhia. No geral, as imagens são um pouco esbranquiçadas e contam com um forte índice de granulação.

Áudio

A qualidade sonora do Xperia E4 está dentro da média. O som é limpo e sem distorções, mas não tem força suficiente para se destacar em ambientes mais barulhentos. A posição do alto-falante, herdada do antecessor, também não contribui para uma boa experiência se o aparelho estiver em uma superfície lisa.

O Xperia E4 recebido pela nossa redação não acompanhou fones de ouvido. Entretanto, ao entrarmos em contado com a Assessoria de Imprensa da Sony, fomos informados que, para agilizar o processo de análise dos aparelhos, alguns modelos são enviados sem acompanhar todos os acessórios. A companhia garantiu que todos os modelos comercializados aos consumidores possuem o item incluso no kit.

Atualização: a Assessoria de Imprensa da Sony entrou em contato com o TecMundo e corrigiu a informação que havia sido passada sobre os fones de ouvido. A companhia agora diz que o Xperia E4 Dual não vai vir acompanhado com o acessório em sua versão para os consumidores.

Bateria

No quesito bateria, a Sony merece outro elogio. Com a promessa de durar até dois dias em uso moderado longe das tomadas, em nossos testes, o Xperia E4 foi capaz de aguentar com sobra as 48 horas. Ao final desse período, o aparelho ainda tinha cerca de 20% de carga.

Durante o teste, executamos jogos, assistimos a TV digital e alguns vídeos no YouTube e utilizamos navegador e mensageiros. Sob uso intenso, o Xperia E4 foi capaz de suportar a reprodução de conteúdo por mais de 6 horas e 40 minutos, uma marca excelente.

Entrada ou intermediário?

A família Xperia E sempre foi considerada uma linha de entrada. Porém, como acontece com o Moto E (segunda geração), parece que as fronteiras entre um intermediário e um aparelho de entrada estão ficando cada vez mais estreitas.

O Xperia E4 tem preço oficial de R$ 699, mas pode ser encontrado por valores mais baixos no varejo online. No entanto, isso ainda o coloca no patamar de outros dispositivos intermediários, como o Moto G e o Zenfone 5. Será que está na hora de considerar a família Xperia E uma linha intermediária? Ou podemos dizer que os aparelhos de entrada estão ficando mais potentes e caros?

Vale a pena?

Independente de qual seja a solução para esse impasse, não podemos negar: o Xperia E4 é um belo aparelho. O design diferenciado e robusto pode desagradar alguns, mas é uma aposta que tem potencial para convencer os consumidores.

O maior erro do aparelho é vir com apenas 8 GB de armazenamento interno, um verdadeiro sofrimento para quem instala muitos apps. Mas o desempenho satisfatório, a tela de boa qualidade e a eficiência energética são suficientes para compensar essa falha. Se você está pensando em comprar um smartphone e não quer gastar muito, o Xperia E4 é uma opção a ser considerada.

Cupons de desconto TecMundo: