Você conhece o Pushbullet? Se a resposta for “não”, aqui vai uma pequena explicação. O software foi concebido com o objetivo de criar uma ponte de comunicação simples e prática entre computadores e smartphones — algo bastante útil hoje em dia, já que os aparelhos móveis são cada vez mais utilizados ao redor do mundo.

Por conta disso, o Pushbullet conta com diferentes recursos para que você use os seus dispositivos de maneira interligada, como a possibilidade de mandar arquivos de uma máquina para a outra e um “espelho” de notificações. Além disso, o programa pode ser instalado nos navegadores Google Chrome e Firefox, assim como nos aparelhos Android e iOS.

Devido às qualidades da ferramenta, o pessoal do site Phandroid montou uma lista com cinco dicas de utilização que podem se encaixar dentro da sua rotina e provavelmente deixar o seu trabalho ou diversão mais rápidos. Se você ficou interessado por essa ferramenta, basta continuar lendo este artigo para entender tudo o que pode ser feito com ela.

Pré-requisito

Assim como você já deve ter imaginado, é necessário instalar o Pushbullet no seu computador e também no seu celular inteligente. Clicando aqui, você vai ser redirecionado para a página do Baixaki que explica o que deve ser feito e permite o acesso à versão de navegador. Se você está procurando pelas versões mobile, clique aqui para o Android e aqui para o iOS.

1. Maior controle de notificações

Com o Pushbullet em sincronização com um aparelho Android, você pode utilizar algo que é chamado de “Notification Mirroring Service” (ou “Serviço de Espelhamento de Notificações”, em tradução livre). Esse recurso permite que todas as notificações que aparecerem no seu smartphone sejam reproduzidas no seu computador através de uma janela popup.

Algumas dessas sinalizações podem ser clicadas para que o site em questão abra, como é o caso do Facebook e Twitter, por exemplo. Para ativar esse recurso, você deve apenas abrir as configurações do software no smartphone e marcar como válida a função “Notification Mirroring Service”.

2. Transferindo arquivos...

Uma ferramenta que não poderia faltar no Pushbullet é a transferência de arquivos — afinal de contas, o programa tem o objetivo de facilitar a comunicação entre smartphones e computadores. Com o aplicativo, você pode mandar URLs, fotos, anotações, vídeos e diversos outros arquivos para o seu celular inteligente.

Em aparelhos com o sistema Android, certos conteúdos já são abertos em aplicativos da Google, como é o caso de vídeos e YouTube, por exemplo. Além disso, o programa não abre os arquivos quando eles são enviados, interferindo na utilização do seu aparelho, ele apenas deixa uma notificação avisando que a transferência acabou.

3. Algo para auxiliar a memória

Caso você não consiga se lembrar de tudo que deve ser feito em um dia só, saiba que o Pushbullet pode auxiliar você nesse pequeno problema. Na extensão para navegadores ou nos aplicativos para celulares, você pode utilizar o recurso “Push What?” que tem o objetivo de criar listas de tarefas. O diferencial em relação a outros softwares é o fato de que você pode mandar essa listagem para todos os dispositivos que estão conectados à sua conta.

Adicionando funcionalidades

Com o software Tasker para Android (clique aqui para acessar), que tem a função de criar funcionalidades variadas baseando-se em gatilhos escolhidos por você. Com o Pushbullet, a ferramenta é capaz de enviar notificações de ligações ou SMSs para o seu tablet, sincronizar notificações entre todos os seus dispositivos cadastrados, e enviar mensagens automáticas para alguns de seus contatos em determinadas situações.

De acordo com o próprio pessoal do Pushbullet, uma quantidade maior de funcionalidade deve ser suportada em breve.

Aviso de todos os tipos

Recentemente, o Pushbullet abriu um canal para o IFTT for Android — em uma explicação breve, este segundo aplicativo permite que você crie comandos para determinadas situações; clique aqui para acessá-lo. Com isso, você pode personalizar a maneira como programas funcionam ou como determinados recursos vão trabalhar.

No caso do Pushbullet, você pode fazer com que diversos tipos de notificações sejam enviadas quando certas situações acontecem. Como exemplos são citadas as vezes em que o seu time preferido vencer, o clima piorar de repente, entre outras coisas deste gênero. Bacana, não é?

Cupons de desconto TecMundo: