(Fonte da imagem: Divulgação/Projeto Educação Mais)

Alunos do Ensino Médio ficam, geralmente, de cabelo em pé quando têm que enfrentar questões difíceis de Física, Matemática e Eletrônica. Agora, imagina ter que criar um software para solucionar esses problemas? Esse foi um desafio que o estudante Caio Diniz, 15, quis encarar. Para tanto, ele elaborou o programa Educação Mais (E+), com o auxílio de seus colegas de turma: Leonardo Bruno, Brenner Garcia, Thiago Reis, Pedro Henrique, Breno Ramos e João Victor.

O objetivo do software era resolver as equações complexas dessas matérias e ainda auxiliar em química: “Queríamos criar algo relacionado à área de educação e que atendesse à real necessidade de usuários específicos”, diz Caio. Surgiu então o E+ com a proposta de auxiliar e facilitar o entendimento dos estudantes dessas disciplinas.

Mas o E+ não se trata de um programa para trapacear as lições de casa. O aluno reforça que a principal proposta é ensinar como se calculam os problemas e ajudar na constatação dos resultados. Entre as fórmulas aplicadas em Física, o software pode realizar cálculos relacionados à aceleração, trabalho, potência, velocidade média, espaço e força. Já em Matemática, ele resolve, por exemplo, o delta da equação do segundo grau, seno, cosseno e tangente.

Na eletrônica, pode-se descobrir os valores de Resistência elétrica e de resistores por sistema de cores. Já em química, o E+ disponibiliza uma tabela periódica completa com todas as informações de cada elemento. "O objetivo principal é diminuir o tempo para solucionar questões complexas da área de exatas no ensino médio. E o programa não foca em apenas uma matéria, mas em várias", ressalta o estudante.

Projetos para o futuro

Caio, que pretende seguir na área de Programação, cursa o primeiro ano do Ensino médio em Informática na Escola Técnica Rezende-Rammel (ETRR). A criação do programa faz parte das atividades pedagógicas do colégio, que tem como objetivo estimular a criatividade. Além de promover uma mostra tecnológica anualmente, a instituição incentiva os estudantes a apresentarem seus projetos em importantes feiras de tecnologia no país.

Em relação ao futuro, Caio pretende ainda aperfeiçoar seu software para atender outras áreas não só às ciências exatas: “Penso em elaborar vários projetos para segmentos diferentes. Um deles, a saúde”, diz o estudante. Para quem quiser experimentá-lo, é possível baixar o programa gratuitamente. É só acessar o blog Projeto Educação Mais e entrar em "download".

Cupons de desconto TecMundo: