ChromeOS agora é compatível com arquivos ISO, 7z e tar

1 min de leitura
Imagem de: ChromeOS agora é compatível com arquivos ISO, 7z e tar
Imagem: Google

O ChromeOS recebeu uma nova atualização no final de maio que ampliou o suporte do sistema operacional da Google para interpretar uma variedade maior de arquivos. O destaque vai para arquivos nos formatos ISO, 7z e tar, que agora podem ser usados diretamente no sistema, sem a necessidade da instalação de software de terceiros.

Os arquivos ISO são bem conhecidos por quem já gravou CDs ou DVDs. Eles são uma imagem virtual de um disco e podem ser "montados" para o sistema interpretar como se você tivesse colocado um disco mesmo em seu leitor. Atualmente, mídias físicas estão caindo em desuso, mas arquivos ISO ainda são bastante usados na distribuição e armazenamento de softwares. Agora o ChromeOS consegue interpretar e montar arquivos ISO de maneira nativa.

Arquivos 7z, por sua vez, são pacotes comprimidos, assim como os populares zip ou rar. A diferença é que eles foram difundidos pelo programa independente 7zip, o que por muito tempo exigia a instalação dele para serem usados. Depois do update, o ChromeOS vai poder descompactar esses arquivos diretamente.

Por fim, temos os arquivos tar, populares entre os usuários de Linux. São arquivos para instalação de software em sua maioria, e agora o ChromeOS pode lidar com eles.

Arquivso tar, no entanto, muitas vezes aparecem em variantes que o sistema da Google ainda não pode interpretar, mas está se preparando para isso. Em agosto, o ChromeOS deve receber um novo update, suportando uma lista ainda maior de extensões tar.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.
Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.