Tutorial: como instalar o Chrome OS Flex em um PC antigo

3 min de leitura
Imagem de: Tutorial: como instalar o Chrome OS Flex em um PC antigo
Imagem: Gamingdeputy
Avatar do autor

Recentemente, o Google liberou uma versão prévia do Chrome OS Flex, versão do sistema operacional da empresa destinado a modernizar dispositivos mais antigos e que estejam parados. O software é semelhante ao que encontramos nos aparelhos da série Chromebook, mas deixa de lado alguns recursos, como o suporte nativo aos apps do Android.

O destaque do Chrome OS Flex promete ser a inicialização rápida e as atualizações de segurança constantes. Se você tem um dispositivo mais antigo, seja desktop ou notebook, pode experimentar esse sistema operacional e dar vida nova a um aparelho que antes poderia não estar sendo usado.

Siga o passo a passo a seguir para instalar o Chrome OS Flex em seu computador.

Aviso importante

Destacamos que o procedimento a seguir, embora simples de seguir, pode resultar em problemas inesperados para o dispositivo no qual o Chrome OS Flex vai ser instalado. Essa ainda é uma versão muito recente do sistema operacional, considerada instável e suscetível a falhas.

A recomendação é não fazer essa instalação no seu dispositivo principal sob o risco de perder momentaneamente o acesso ao sistema. Também é importante fazer o básico de sempre: backup dos arquivos e programas, além de seguir corretamente o passo a passo.

Requisitos

  • Um pendrive de 8 GB ou mais
  • Computador com:
  • CPU Intel ou AMD (x86 ou x64)
  • 4 GB de memória RAM (ou mais)
  • 16 GB de armazenamento (ou mais)
  • Acesso à BIOS do sistema

Embora o Chrome OS Flex tenha sido desenvolvido para dispositivos mais antigos, a Google recomenda que o sistema seja instalado em aparelhos produzidos a partir de 2010. Além disso, os modelos com Intel GMA 500, 600, 3600 e 3650 não oferecem suporte ao software.

Criando um USB de inicialização com o sistema

A primeira parte do processo de instalação do Chrome OS Flex é a criação de um dispositivo USB com o sistema. Esse processo é feito através de uma extensão disponível para o navegador da Google, o Chromebook Recovery Utility disponível neste link.

1 - Para criar o pendrive, baixe e instale a extensão Chromebook Recovery Utility.

Para criar o pendrive, baixe e instale a extensão Chromebook Recovery Utility.
Fonte:  Nerdschalk 

2 - Depois que a extensão estiver instalada, inicie o programa selecionando entre os outros complementos de seu navegador.

Depois que a extensão estiver instalada, inicie o programa selecionando entre os outros complementos de seu navegador.
Fonte:  Nerdschalk 

3 - Na sequência, coloque um pendrive de pelo menos 8 GB na sua máquina, lembrando que todos os dados do dispositivo de armazenamento serão perdidos.

Clique na opção “Get started” para iniciar o processo de criação do pendrive de instalação.
Fonte:  Nerdschalk 

4 - Clique na opção “Get started” para iniciar o processo de criação do pendrive de instalação.Fonte:  Nerdschalk 

5 - Nessa nova tela, selecione a opção “Select a model from a list”.

Nessa nova tela, selecione a opção “Select a model from a list”.

Fonte:  Nerdschalk 

No menu de opções drop-down, selecione a opção “Google Chrome OS Flex”.
Fonte:  Nerdschalk 

Fonte:  Nerdschalk 

6 - No menu de opções drop-down, selecione a opção “Google Chrome OS Flex”.Fonte:  Nerdschalk 

7 - Selecione a opção “Chrome OS Flex (Developer-Unstable).

Selecione a opção “Chrome OS Flex (Developer-Unstable).
Fonte:  Nerdschalk 

Fonte:  Nerdschalk 

8 -Clique em “Continue”.Fonte:  Nerdschalk 

9 - Na sequência, você vai precisar selecionar onde o sistema operacional será instalado. Se você inseriu o pendrive, ele vai aparecer como uma opção de instalação.

10 - Aguarde o processo finalizar.

Na sequência, você vai precisar selecionar onde o sistema operacional será instalado. Se você inseriu o pendrive, ele vai aparecer como uma opção de instalação.
Fonte:  Nerdschalk 

Instalando o Chrome OS Flex em um PC

Agora que você tem um pendrive de inicialização do Chrome OS Flex, está na hora de inseri-lo no computador em que você quer instalar o sistema. Coloque o pendrive e inicie o sistema para que ele entra na tela de BIOS.

Na tela de BIOS, procure a opção para iniciar o sistema a partir do pendrive. Essa opção pode aparecer de diversas formas diferentes, mas é preciso enxergar o dispositivo de armazenamento a partir do menu.
Fonte:  Nerdschalk 

Fonte:  Nerdschalk 

1 - Na tela de BIOS, procure a opção para iniciar o sistema a partir do pendrive. Essa opção pode aparecer de diversas formas diferentes, mas é preciso enxergar o dispositivo de armazenamento a partir do menu.Fonte:  Nerdschalk 

2 - Depois de salvar e sair das configurações de boot, você será direcionado para a tela inicial do Chrome OS Flex. Clique em “Get started” para iniciar o processo.

Neste momento será possível escolher entre fazer a instalação do sistema operacional ou testá-lo diretamente a partir do pendrive em sua máquina. Essa é uma boa alternativa para testar a compatibilidade do hardware com o Chrome OS Flex e descobrir se há alguma falha.

3 - Neste momento será possível escolher entre fazer a instalação do sistema operacional ou testá-lo diretamente a partir do pendrive em sua máquina. Essa é uma boa alternativa para testar a compatibilidade do hardware com o Chrome OS Flex e descobrir se há alguma falha.

4 - Se você escolher o processo de instalação, vai ser redirecionado para uma tela em que poderá configurar a rede WiFi.

5 - A próxima tela apresenta os termos de uso. Basta apenas ler e marcar caso você esteja de acordo.

Você também poderá definir se o Chrome OS Flex será usado por um adulto ou uma criança.
Fonte:  Nerdschalk 

6 - Você também poderá definir se o Chrome OS Flex será usado por um adulto ou uma criança.

7 - A última tela permite que você faça login com sua conta Google, processo opcional, mas importante para desfrutar de todas as funcionalidades do sistema.

E aí, você acha que o Chrome OS Flex pode salvar o seu PC antigo? Deixe sua opinião sobre o sistema nos comentários!

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.
Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.