Windows 10: AMD corrige dezenas de vulnerabilidades via driver

1 min de leitura
Imagem de: Windows 10: AMD corrige dezenas de vulnerabilidades via driver
Imagem: AMD
Avatar do autor

Nesta quinta-feira (11), a AMD anunciou uma importante atualização de segurança para seu driver gráfico no Windows 10. A novidade corrige falhas com variados potenciais de ameaça, sendo algumas consideradas graves, já que permitiriam o acesso privilegiado ao sistema afetado para possíveis cibercriminosos.

A empresa afirma, no comunicado oficial: "Em uma análise abrangente das chamadas AMD Escape, um conjunto potencial de fraquezas em várias APIs foi descoberto," contextualiza, "o que pode resultar em escalada de privilégio, negação de serviço, divulgação de informações, desvio KASLR ou gravação arbitrária na memória do kernel," explica.

Complementando, a AMD também corrigiu potenciais falhas de segurança de médio e alto impacto em seus processadores para servidor da linha EPYC — de 1ª, 2ª e 3ª Geração. Assim como no caso anterior, a exploração dessas vulnerabilidades poderia garantir privilégios administrativos para cibercriminosos, incluindo a possibilidade de obter controle total sobre os dispositivos afetados.

Atualização de segurança para os drivers da AMD evitam ameaças severas de vulnerabilidade. (Fonte: Shutterstock / Reprodução)Atualização de segurança para os drivers da AMD evitam ameaças severas de vulnerabilidade. (Fonte: Shutterstock / Reprodução)Fonte:  Shutterstock 

Ambas as descobertas garantem mais segurança para todos os usuários e são frutos da parceria entre pesquisadores independentes e grandes empresas na indústria da tecnologia, incluindo a Google, Microsoft e Oracle.

Para obter as novas correções, basta atualizar os drivers AMD para a última versão disponível em seu computador. Vale notar que é possível conferir a lista de mudanças e descrição completa das ameaças eliminadas nas notas oficiais da atualização, diretamente no site da AMD, clicando aqui.

Fontes