Bug no Signal enviava imagens aleatórias para contatos

1 min de leitura
Imagem de: Bug no Signal enviava imagens aleatórias para contatos
Imagem: Signal/Divulgação
Avatar do autor

Um bug raro que afetava alguns usuários do Signal no Android desde o final do ano passado foi corrigido pelo mensageiro. Conforme noticia o BleepingComputer nesta segunda-feira (26), a falha levava o app a enviar imagens aleatórias para contatos durante o compartilhamento de fotos.

Relatado pela primeira vez em dezembro de 2020, o bug do Signal surgia ocasionalmente. Ao enviar uma imagem para algum dos seus contatos, o destinatário recebia não só o arquivo selecionado originalmente, mas também outras fotos aleatórias que não haviam sido anexadas pelo remetente.

A captura de tela abaixo mostra o problema ocorrendo quando o remetente, à esquerda, enviou um GIF para o amigo durante uma conversa. O destinatário, à direita, recebeu mais duas imagens adicionais além daquela originalmente compartilhada na mensagem, sem qualquer explicação plausível.

Exemplo da falha ocorrendo.Exemplo da falha ocorrendo.Fonte:  GitHub/Reprodução 

Este exemplo foi retirado da página do app de mensagens criptografadas no GitHub, onde há várias reclamações de usuários que enfrentavam a mesma dificuldade. Na maioria dos relatos, eles tinham receio de que as imagens enviadas aleatoriamente pelo mensageiro fossem de natureza sensível, causando constrangimentos.

Correção demorou a chegar

A equipe do Signal solicitou logs aos usuários que relataram a falha ainda em 2020, para verificar o que estava ocorrendo. Porém, a correção do bug só veio agora, na versão 5.17.3 do app para Android, lançada na Google Play Store no último dia 19.

Respondendo aos questionamentos sobre a demora para o reparo do problema, o desenvolvedor do app Anderson Parrelli disse que se tratava de um bug “extremamente raro”. O profissional afirmou ainda que a equipe teve muito trabalho para coletar registros e rastrear o bug.

Ainda de acordo com ele, o erro foi causado por uma “interseção rara de algumas propriedades do banco de dados do app”, que não deve mais acontecer com a chegada da atualização mais recente. Parrelli informou não haver relatos de problema semelhante no iOS.