Microsoft Edge sinaliza navegador rival Firefox como malware

1 min de leitura
Imagem de: Microsoft Edge sinaliza navegador rival Firefox como malware
Imagem: Mozilla
Avatar do autor

A acirrada disputa pelo mercado de navegadores ganhou um novo capítulo com a descoberta de que a Microsoft está impedindo a instalação de um programa concorrente. Segundo o site Techdows, o arquivo Firefox.exe baixado do próprio site da Mozilla não pode ser executado pelo usuário, sendo bloqueado pelo Microsoft Edge porque "poderia prejudicar o seu dispositivo".

Diversos usuários no Reddit também confirmaram o problema, mas nem todas as tentativas de reproduzir o erro foram bem sucedidas, o que pode significar que o caso é na verdade um bug, um falso positivo ou algo que já foi corrigido pela própria Microsoft.

Uma captura de tela que mostra o momento em que o arquivo é bloqueado pelo sistema.Uma captura de tela que mostra o momento em que o arquivo é bloqueado pelo sistema.Fonte:  Techdows 

De acordo com os relatos, é possível instalar normalmente o Firefox a partir do Edge ao desabilitar o Microsoft Defender SmartScreen, ou então fazer um caminho mais longo baixando primeiro um rival como o Google Chrome.

O SmartScreen é um recurso da plataforma de segurança que empresa que monitora downloads e sinaliza possíveis ameaças — e desabilitá-lo não é recomendado nem mesmo nesses casos.

Microsoft Edge sinaliza navegador rival Firefox como malware