Gmail ganha widget para iOS 14 com funções limitadas

1 min de leitura
Imagem de: Gmail ganha widget para iOS 14 com funções limitadas
Imagem: Google/Reprodução
Avatar do autor

A versão atualizada do app do Gmail para iOS 14, lançada nessa quarta-feira (18), ganhou o seu próprio widget para a tela inicial do sistema operacional da Apple. A novidade chega oferecendo acesso rápido e facilitado a algumas funções do serviço de e-mail da Google, mas com algumas limitações.

Por meio do novo elemento, o usuário pode fazer pesquisas dentro da sua caixa de entrada, escrever uma nova mensagem para seus contatos e conferir a quantidade de e-mails não lidos que possui naquele momento, direto na tela do iPhone e do iPad, sem precisar abrir o app.

No entanto, o widget não permite mais do que isso. Diferente da versão para Android, ele não conta com controles interativos (exceto o contador de mensagens) nem pode ser personalizado. Por enquanto, só há os três atalhos disponíveis.

A ferramenta tem apenas três opções de atalhos e não exibe conteúdos sensíveis.A ferramenta tem apenas três opções de atalhos e não exibe conteúdos sensíveis.Fonte:  MacRummors/Reprodução 

O usuário também não consegue pré-visualizar os conteúdos das mensagens recebidas nem fazer o arquivamento delas ou excluí-las pela ferramenta. Para realizar estas e outras funções, é necessário abrir o aplicativo e acessá-las pela caixa de entrada.

De quem é a culpa pelas limitações?

Como lembra o The Verge, a Google poderia criar uma versão mais robusta do recurso, como fazem outros apps de e-mail. Porém, a maior parte da culpa pelas limitações do widget do Gmail no iOS 14 é da própria Apple, que tem uma abordagem diferente em relação à liberdade de criação dos desenvolvedores.

Segundo as diretrizes atuais da Maçã, os widgets não podem oferecer suporte a recursos interativos dentro da ferramenta, proibindo a utilização de elementos de rolagem de listas e mais funções que seriam úteis.

É devido a estas regras que outros apps sofrem com problemas semelhantes. O Apple Music e o Spotify, por exemplo, não oferecem os controles de reprodução de faixas em seus widgets para iOS, ao contrário das versões para Android.

Gmail ganha widget para iOS 14 com funções limitadas