Android 11 Go é lançado e abre apps 20% mais rápido em celulares básicos

1 min de leitura
Imagem de: Android 11 Go é lançado e abre apps 20% mais rápido em celulares básicos
Imagem: Google
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Google lançou o Android 11 nesta semana e, agora, confirmou a chegada da versão otimizada do sistema operacional. O Android 11 Go Edition será liberado em breve para celulares de entrada e promete garantir avanços em aparelhos com hardware modesto.

De acordo com a Google, a nova edição do sistema operacional otimizado consegue abrir apps com 20% mais velocidade que o Android 10 Go Edition. A versão atualizada também conta com uma interface com navegação baseada em gestos e agrupamento de mensagens nas notificações.

O Android 11 Go traz melhorias na interface do sistema operacionalO Android 11 Go traz melhorias na interface do sistema operacionalFonte:  XDA Developers 

Assim como a edição principal do sistema, o Android 11 Go Edition conta com melhorias voltadas para segurança. O SO dá ao usuário a opção de conceder para os aplicativos acesso limitado a sensores como câmera e microfone. A galeria também conta com suporte para pastas secretas e arquivos com senhas.

Feito para smartphones com até 2 GB de RAM

Além de ser mais rápido e seguro que seu antecessor, o Android 11 Go promete ser mais abrangente que a edição anterior do sistema. A versão otimizada do novo SO se tornará padrão em celulares com até 2 GB de RAM.

Segundo a Google, o sistema operacional começa a ser liberado a partir do mês que vem em dispositivos com 2 GB de RAM ou menos. A empresa não detalhou quais celulares serão contemplados primeiro com o Android 11 Go Edition e quais modelos serão atualizados com o SO otimizado.

O Android 11 Go promete entregar mais velocidade em celulares de entradaO Android 11 Go promete entregar mais velocidade em celulares de entradaFonte:  XDA Developers 

A versão principal do Android 10 funcionava em dispositivos com 2 GB de RAM e os celulares baseados no SO ainda devem receber o Android 11 completo. Por outro lado, segundo documentos da Google, novos smartphones com essa quantidade de memória serão obrigados a utilizar a versão GO do sistema operacional.

O aumento na quantidade máxima de memória em relação aos 1,5 GB de RAM do Android 10 Go visam garantir melhor desempenho durante o uso da nova edição do sistema. Segundo explica a Google, os aparelhos mais robustos equipados com Android 11 Go Edition poderão rodar até quatro apps a mais em segundo plano sem enfrentar engasgos.

Android 11 Go é lançado e abre apps 20% mais rápido em celulares básicos