Com pandemia, apps como Wish, Amazon e iFood crescem no Brasil

1 min de leitura
Imagem de: Com pandemia, apps como Wish, Amazon e iFood crescem no Brasil
Imagem: iFood
Avatar do autor

Os aplicativos da Wish, Amazon e iFood estão se tornando cada vez mais populares entre usuários de dispositivos móveis no Brasil. De acordo com dados da pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box, as plataformas obtiveram aumento de uso pela terceira vez consecutiva no país.

O estudo realizado no mês de março perguntou para 1.753 usuários de smartphones quais aplicativos foram utilizados para compras no celular. O iFood mostrou maior crescimento e foi mencionado por 29% dos entrevistados, após registrar 27% das menções em setembro do ano passado.

Apesar do crescimento de Wish e Amazon, os líderes do ranking permanecem os mesmosApesar do crescimento de Wish e Amazon, os líderes do ranking permanecem os mesmosFonte:  Panorama Mobile Time/Opinion Box 

O segundo app com mais crescimento no comércio mobile é o Wish, que foi mencionado por 13% dos participantes, após registrar um índice de interesse de 12% na última edição do estúdio. Já a Amazon foi mencionada por 7% dos usuários brasileiros que participaram da pesquisa, subindo 2% em relação ao levantamento anterior.

Apesar do crescimento, nenhuma das companhias conseguiu alcançar o topo da lista de apps de compras mais populares entre os brasileiros. O título permanece com o Mercado Livre, que foi mencionado por 39% dos participantes do estudo, enquanto a "medalha de prata" fica com a Americanas, com 34%. Assim como no estudo anterior, o iFood permanece na terceira colocação.

Satisfação no comércio online

Fonte:  Panorama Mobile Time/Opinion Box 

A pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box também registrou um crescimento na satisfação durante as compras realizadas em dispositivos móveis. Ao todo, 85% dos brasileiros já compraram usando o celular, com 54% dessa parcela se sentindo muito satisfeitos com o resultado. Já 35% se dizem satisfeitos, 10% indiferentes e apenas 1% mostram desgosto após a experiência.

Outro detalhe interessante da pesquisa é o aumento de pedidos de delivery pelo celular: as entregas de comida saltaram de 62% em setembro para 72% em março deste ano. Os responsáveis pelo estudo apontam que parte da pesquisa foi feita após a Organização Mundial da Saúde declarar a COVID-19 como pandemia, o que pode ter afetado parcialmente os resultados.

A pesquisa completa pode ser baixada neste link.

Com pandemia, apps como Wish, Amazon e iFood crescem no Brasil