Google esconde, mas números mostram que Android segue fragmentado

1 min de leitura
Imagem de: Google esconde, mas números mostram que Android segue fragmentado
Imagem: Pixabay
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Já faz quase um ano que a Google atualizou pela última vez o gráfico oficial que mostra a distribuição de aparelhos entre as diferentes versões do Android. Essa era uma forma de saber como andava o mercado do sistema operacional em termos de atualizações e também diagnosticar o quão fragmentado estava o setor. Além disso, era uma informação que a rival Apple usava para alfinetar a concorrência, já que ela não encara esse mesmo problema com as atualizações do iOS.

Só que a empresa ainda disponibiliza esses dados, porém em um lugar bem mais escondido — e eles seguem igualmente ruins para a companhia. Quem encontrou a informação foi o site 9to5 Google.

Ao que tudo indica, a única forma de ter acesso a esse gráfico agora é a partir do Android Studio, a plataforma de desenvolvimento para aplicativos e serviços no sistema operacional. Confira como essa informação é disponibilizada por lá:

O mapa de distribuição do Android para desenvolvedores.O mapa de distribuição do Android para desenvolvedores.Fonte:  9 to 5 Google 

O objetivo é claro e puramente técnico: indicar aos programadores quais são as versões mais aceitas, para que eles trabalhem em disponibilizar o app para o maior número possível de usuários. Porém, qualquer usuário consegue acessar essa informação, como ficou claro a partir de agora.

A situação do Android

De acordo com os dados exibidos no Android Studio, que provavelmente estão atualizados até março de 2020, a distribuição das diferentes versões do sistema é a seguinte:

  • Android Pie (9.0) - 31,3%
  • Android Oreo (8.1) - 14%
  • Android Marshmallow (6.0) - 11,2%
  • Android 10 - 8,2%
  • Android Nougat (7.0) - 5,4%
  • Android Lollipop (5.1) - 7,4%
  • Android Oreo (8.0) - 7,3%
  • Android Nougat (7.1) - 5,4%
  • Android KitKat (4.4) - 4%
  • Android Lollipop (5.0) - 1,8%
  • Android Jelly Bean (4.2) - 0,8%
  • Android Jelly Bean (4.1) - 0,6%
  • Android Jelly Bean (4.3) - 0,3%
  • Android Ice Cream Sandwich (4.0) - 0,2%

Como é possível perceber, o sistema mais adotado é de longe o Android Pie (9.0), que de fato conseguiu reduzir um pouco a fragmentação do mercado. Entretanto, a adoção ao mais recente, o Android 10, é bastante baixa, deixando a versão na quarta posição — e até mesmo atualizações anuais inteiras, como Oreo e Nougat, possuem builds secundárias diferentes, o que deixa o setor ainda mais espalhado.

O Android 11 já está em fase Beta para desenvolvedores e deve ser lançada oficialmente em setembro deste ano, provavelmente ajudando a deixar o a lista acima ainda mais confusa.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Google esconde, mas números mostram que Android segue fragmentado