Bill Gates acha que Microsoft falhou no timing do Windows Mobile

1 min de leitura
Imagem de: Bill Gates acha que Microsoft falhou no timing do Windows Mobile
Avatar do autor

A história da Microsoft com smartphones chega a ser triste para os usuários das plataformas lançadas pela empresa. Seja nos primórdios do Windows para celulares, evoluindo para o Windows Phone 78.1 e depois para o Windows 10 Mobile, a empresa parecia ter boas ideias, mas que vinham em momentos que o mercado não parecia mais interessado. Alguém que acredita nessa hipótese é Bill Gates, fundador da Microsoft e que comentou que falta de timing prejudicou o desenvolvimento do Windows para smartphones.

Recentemente, a Microsoft anunciou o Surface Duo, um smartphone diferente e que poderia indicar o retorno da empresa ao mercado mobile, mas o anúncio veio com a confirmação que o aparelho rodará Android. Em uma entrevista ao New York Times, o assunto do Windows Mobile foi levantado para Bill Gates, que revelou que no período em que ainda estava no comando da empresa, tinha ideias para o sistema, mas processos anti-monopólio tiraram o foco de todos.

Fonte: Microsoft/Divulgação

"Não existe dúvida que o o processo antitruste foi ruim para a Microsoft e nós estaríamos muito mais focados em criar o sistema operacional para telefones naquela época. Em vez de usar o Android hoje em dia, você estaria usando o Windows Mobile", disse Gates. Isso porque a Microsoft seria a responsável pelo sistema operacional do primeiro Motorola DROID, quando ele ainda não tinha esse nome. Como a empresa não conseguiu entregar um SO para ele, a Google entrou na negociação e apresentou o Android. O celular foi responsável por popularizar o sistema no seu lançamento.

Nós estávamos muito perto. Eu estava muito distraído e estragamos tudo por causa dessa distração. Nós chegamos três meses atrasado para a data que a Motorola precisa para usar o sistema no seu telefone

"Nós estávamos muito perto. Eu estava muito distraído e estragamos tudo por causa dessa distração. Nós chegamos três meses atrasado para a data que a Motorola precisa para usar o sistema no seu telefone. É um jogo em que o vencedor leva tudo e agora ninguém aqui ouviu falar do Windows Mobile", comentou Bill Gates.

Gates deixou seu cargo de CEO da Microsoft, que foi assumido por Steve Ballmer. Ballmer tentou revitalizar a área mobile da Microsoft, dando alguns primeiros passos interessantes, mas que acabaram fracassando, com a compra da Nokia e os problemas para tornar o Windows 10 Mobile uma alternativa viável no mercado de smartphones.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Bill Gates acha que Microsoft falhou no timing do Windows Mobile