Google explica as mudanças na marca do Android 10

1 min de leitura
Imagem de: Google explica as mudanças na marca do Android 10
Avatar do autor

A Google surpreendeu muitos usuários ao anunciar que a próxima versão do seu sistema operacional não vai adotar um doce em sua nomenclatura e se chamará apenas Android 10. Sameer Samat, vice-presidente de produtos da Google, comentou sobre as mudanças ao 9to5Google.

Enquanto o uso de números para representar os novos lançamentos visa evitar confusões relacionadas às versões do OS, a nova marca tem como objetivo preparar o sistema para um mundo cada vez mais conectado.

De acordo com Samat, a última década foi amplamente focada em celulares, mas, nos próximos anos, veremos uma onda de novos dispositivos conectados e que podem rodar o Android.

"Estamos vendo apenas o início de novos casos de uso, formatos e iteração da computação", explica o executivo. "Isso sem mencionarmos TVs, relógios, dispositivos de internet das coisas e muito mais. Temos um longo caminho a percorrer e muito a fazer".

Mudança nas cores

A nova marca do Android traz uma fonte moderna e com as letras em preto, uma vez que o verde usado anteriormente podia dificultar a leitura em alguns casos. O novo logo também incorporou a presença da cabeça do icônico robô do Android, que utiliza um tom esverdeado com níveis de azul mais altos, mudança que também visa facilitar a leitura.

Fonte: 9to5Google/Reprodução)

A Google também revelou uma palheta de cores complementares para serem utilizadas com a marca. Segundo Samat, a seleção foi pensada para oferecer mais contraste e foi aprovada pelas empresas parceiras que utilizam o sistema operacional.

O Android 10 deve ser lançado oficialmente a partir de outubro, época em que a Google costuma trazer os novos celulares da linha Pixel para o mercado.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Google explica as mudanças na marca do Android 10