Imagem de: Windows: veja como ficaria o Explorer com interface Fluent Design

Windows: veja como ficaria o Explorer com interface Fluent Design

1 min de leitura
Avatar do autor

Microsoft introduziu a linguagem gráfica Fluent Design em 2017 e desde então várias aplicações vêm recebendo suas melhorias, para facilitar a visualização, acesso e navegação — com uma interface mais fluída, limpa, bonita, responsiva e funcional. Enquanto essa atualização não chega a todo ecossistema da companhia, podemos sonhar um pouco como ficaria o File Explorer (ou Explorador de Arquivos) por meio de um conceito de um designer.

O trabalho está no Behance do usuário Cage Ata e mostra algumas coisas bastante interessantes. Para começar, ele já é imaginado para se adaptar às telas flexíveis — em um possível “Surface Fold” ou “Andromeda”.

windowsFonte: Behance/Cage Ata/Reprodução

No visual abaixo, dá para notar uma certa influência dos gerenciadores de nuvem e dispositivos móveis. Um painel com atalhos fica em uma coluna na esquerda, enquanto os folders ficam na parte superior e os arquivos recentes logo abaixo. No canto direito, um histórico de atividades, que pode ser conectado ao OneDrive, DropboxGoogle Drive e iCloud.

windowsFonte: Behance/Cage Ata/Reprodução

As fotos ganham destaque com visualização de vários arquivos com resolução aprimorada e em um formato dinâmico no álbum.

windowsFonte: Behance/Cage Ata/Reprodução

O novo “Modo Carrossel” permitiria observar e escolher melhor as imagens.

WindowsFonte: Behance/Cage Ata/Reprodução

Daria até para usar o “estúdio fotográfico” embutido no próprio Explorer, para que você pudesse fazer retoques ou ajustes sem precisar abrir um app dedicado.

windowsFonte: Behance/Cage Ata/Reprodução

O “Modo Noturno”, onipresente em tudo quanto é utilitário atualmente, também estaria aqui.

windowsFonte: Behance/Cage Ata/Reprodução

Um “Review Mode” permitiria a você largar vários arquivos em qualquer posição dentro de um folder, inclusive com arquivos abertos, para que você possa acessá-los instantaneamente e mexer em vários tipos antes de definir o posicionamento e encerrar cada um. Isso seria especialmente útil durante a criação de um conteúdo ou na fase de “brainstorm”.

windowsFonte: Behance/Cage Ata/Reprodução

Customização? Também tem, com o esquema de cores que você quiser.

windowsFonte: Behance/Cage Ata/Reprodução

A segurança foi levada em conta, com um esquema de encriptação “mais acessível e amigável” que o Windows 10.

windowsFonte: Behance/Cage Ata/Reprodução

Bem, tudo não passa de uma “viagem” de um usuário, mas quem sabe a Microsoft não fica de olho e se inspira em algo dessa lista para aplicar logo o Fluent Design no File Explorer, não? E você, o que achou das ideias?

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Windows: veja como ficaria o Explorer com interface Fluent Design