Já publicamos aqui no TecMundo todo o problema que a Huawei vem enfrentando no mundo ocidental, especialmente em relação ao governo dos Estados Unidos e, para piorar, a empresa chinesa perdeu o suporte do Google, o que significa que os celulares da empresa não vai mais ter novas versões do Android, nem poderão usar os principais aplicativos da companhia americana.

Huawei já está pensando em alternativas para lidar com esse problema. Primeiramente, está produzindo um milhão de aparelhos com um sistema operacional próprio, o HongMeng OS, para testar a recepção por parte dos consumidores. Ainda assim, segundo reportou a publicação The Bell, a Huawei estaria realizando testes com um sistema operacional russo, chamado Aurora e criado na plataforma de código aberto Sailfish, para substituir o Android em seus smartphones.

O presidente russo Vladimir Putin teria tratado do assunto com Xi Jinping, presidente da China

As informações da publicação indicam que o próprio presidente adjunto da Huawei Guo Ping teria entrado em contato com o Ministro de Desenvolvimento e Comunicações Digitais russo Konstantin Noskov sobre o uso do Aurora nos celulares da empresa. Além deles, o presidente russo Vladimir Putin teria tratado do assunto com Xi Jinping, presidente da China.

A plataforma Sailfish OS é derivada do MeeGo, que foi utilizada no Nokia N9 antes da empresa adotar o Windows Phone da Microsoft. Ainda é uma grande incógnita se a Huawei vai usar o Aurora ou o HongMeng, ou até mesmo se a situação vai ser solucionada e a empresa chinesa vai poder voltar a utilizar o Android como já vinha acontecendo.

Cupons de desconto TecMundo: