macOS Catalina: tudo sobre a nova versão do sistema operacional da Apple

2 min de leitura
Imagem de: macOS Catalina: tudo sobre a nova versão do sistema operacional da Apple
Avatar do autor

A Apple apresentou hoje (3) grandes novidades no evento para desenvolvedores Worldwide Developers Conference (WWDC) e uma delas foi o sistema operacional para máquinas de mesa, o macOS 10.15 ou Catalina, como foi oficialmente chamado. E uma das funcionalidades mais cobiçadas pelos usuários foi confirmada: a integração com iPad com uso do tablet como uma tela auxiliar de forma nativa.

Com isso, os programadores passam a ter o ambiente de desenvolvimento Xcode como opção para produzir apps que possam ser usados tanto nos tablets quanto no desktop. Ainda não é aquela solução de uso compartilhado dos mesmos programas mobile, mas já é um caminho interessante para chegar lá. O projeto, antes chamado de “Marzipan”, agora é batizado oficialmente de “Project Catalyst”.

APPLEFonte: Apple

Aliás, a importação de apps do iOS começou com o Twitter, que será convertido para o Mac, e a companhia Atlassian também está convertendo o Jira Pad para a máquina. A demonstração contou com apenas 3 aplicativos, contudo, a expectativa é de que outros softwares sejam adaptados dessa forma.

Morte do iTunes, Sidecar e acessibilidade por voz

iTunes finalmente será substituído, por três aplicativos: o novo Apple Music, com mais de 50 milhões de canções, playlists e clipes; o Apple TV, que mudou a interface para ficar mais parecido com a Netflix e já se prepara para a chegada de seu próprio streaming Apple TV+; e o Apple Podcasts, oferta da companhia para o crescente interesse em podcasts, com mais de 700 mil atrações.

Já o Sidecar lembra o Project Catalyst. A diferença é que ao invés de servir como uma segunda tela de integração para navegação e apoio, aqui a proposta é ser um display dedicado para trabalhos com a Apple Pencil, como a edição de vídeos com o Final Cut Pro X ou desenhos com o Adobe Illustrator.

O Controle por Voz do Catalina traz interação oral para qualquer com ajuda do reconhecimento vocal da Siri. Essa funcionalidade cria novas maneiras de interagir com os apps e oferece também acesso por gestos.

Bem-estar e segurança

O “bem-estar digital” é um assunto recorrente nas últimas temporadas e não poderia ficar de fora da nova versão do sistema operacional. Com o Screen Time (“Tempo de Tela”) foi criado para que as pessoas repensem a maneira e o tempo gasto na frente do computador, com ferramentas de gerenciamento e notificações.

É possível sincronizar essa agenda com todos os outros dispositivos do ecossistema Apple via iCloud e o Family Sharing permite monitorar a utilização dos aparelhos dos filhos, incluindo a seleção de quem pode falar com eles.

AppleFonte: Apple

Em termos de segurança, o Gatekeeper agora checa todos os apps em busca de brechas os novos recursos exigem permissões desses utilitários na hora que eles precisam consultar documentos. O “Aprove com o Apple Watch” oferece uma camada extra de proteção, com uso do Apple Watch como credencial.

Disponibilidade

A seção de fotos, o navegador Safari, o correio, as notas e os lembretes também foram otimizados e devem rodar mais suaves, com ajuda da inteligência artificial e com pequenos ajustes para melhorar o fluxo.

A previsão é de que o masOS Catalina esteja disponível a partir de outubro.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
macOS Catalina: tudo sobre a nova versão do sistema operacional da Apple