Quais são as principais diferenças nas interfaces dos smartphones Android?

2 min de leitura
Imagem de: Quais são as principais diferenças nas interfaces dos smartphones Android?
Avatar do autor

Além da interface do Android puro, presente em alguns celulares, cada empresa costuma possuir uma interface própria, que geralmente é incluída nos modelos intermediários e nos topos de linha de cada fabricante.

É essa interface que vai dar personalidade aos aparelhos de cada companhia, já que, hoje em dia, os celulares estão com o hardware cada vez mais parecido.

Vejamos algumas das principais interfaces que existem nos celulares.

Samsung (One UI)

Galeria 1

Samsung já foi a empresa mais criticada em relação à uma interface própria. A antiga TouchWiz tinha fama de pesada, embora tenha feito muitos fãs pelo mundo afora.

Apesar de ainda ter bastante da estética da TouchWiz e Grace UX, a nova One Ui parece mais leve e ágil, além de ter sido projetada para evitar distrações e facilitar a interação com o aparelho usando-se apenas uma mão, o que é bem útil em tempos onde os celulares estão cada vez maiores.

Motorola (Moto)

Galeria 2

Motorola investiu mais na interação do que na estética propriamente dita. A Moto é um apanhado de recursos que permite que o usuário controle o celular tanto com toques quanto por comandos de voz e gestos. Além disso, ela possui notificações inteligentes na tela de bloqueio e oferece assistência aos usuários com base no uso que eles fazem do smartphone.

Visualmente, é uma das mais simples e parecidas com a interface padrão do Android.

Xiaomi (MIUI)

Galeria 3

A interface da Xiaomi é conhecida pela simplicidade e velocidade, com um “Q” de iOS em sua estética. A MIUI é, provavelmente, a interface mais portada para aparelhos de outras fabricantes em todo o mundo. Isso significa que um usuário de celular LG, Samsung, etc., pode encontrar uma ROM customizada que terá a MIUI como interface padrão.

Huawei (EMUI)

Galeria 4

Na versão mais recente da EMUI, a Huawei investiu em rapidez e velocidade. No entanto, isso não significa que a beleza foi sacrificada. A EMUI é bonita e cheia de papéis de parede coloridos. Ela ainda possui recursos extras como otimizador de jogos, compartilhamento fácil de vídeos, imagens e documentos, medidor de objetos baseado em realidade aumentada, chave eletrônica para carros e monitoramento de atividades físicas.

Esse foco no menor uso de recursos de hardware ainda consegue entregar maior rendimento de bateria.

LG (UX)

LGLG UX 6.0 (Fonte: LG/Divulgação)

A UX da LG promete entregar uma experiência mais imersiva ao usuário. Ela traz recursos avançados no app da câmera e aprimoramentos na usabilidade, como fácil transferência de arquivos entre aparelhos e captura de tela estendida. Há também um criador de colagem de imagens para uso como papel de parede e recurso de monitoramento de hardware.

ASUS (ZenUI)

Galeria 5

 

A interface da ASUS parece ser um resumo de tudo que vimos até aqui. Ela é bonita e foi projetada para ser fácil, prática e veloz, mantendo os apps mais usados carregados na memória. Ela é altamente customizável, com vários papéis de parede de alta resolução e recursos para aumentar a privacidade do usuário. Ela ainda traz um app para jogos que otimiza a performance, bloqueia notificações e permite capturar a tela com imagens e vídeos.

 Quantas dessas interfaces você já utilizou? De qual gostou mais? Conte-nos nos comentários!

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Quais são as principais diferenças nas interfaces dos smartphones Android?