Mozilla atualizou o navegador Firefox para a versão 67 e promete uma grande melhoria na performance do programa, além de adicionar novas opções avançadas de privacidade.

De acordo com a organização, foram feitas mudanças na forma como o Firefox prioriza certas tarefas para acelerar o carregamento das páginas. Módulos que não são utilizados em todos os sites agora devem carregar apenas quando são requisitados e scripts usados por GoogleAmazonInstagram agora são priorizados. A promessa da Mozilla é que isso deixe o Firefox até 80% mais rápido em relação à versão lançada há 1 ano.

O navegador também irá suspender abas que não estão sendo utilizadas quando perceber que a máquina está com menos de 400 MB de memória livre. Quando você voltar para uma aba que foi suspensa, o Firefox irá recarregar o conteúdo exatamente no local que você parou. Quem costuma personalizar o navegador com temas ou muitas extensões também deve perceber melhorias no desempenho graças a otimizações nessa área.

Opções avançadas de privacidade

Além de mais rápida, a nova versão do Firefox traz mais opções de privacidade, um dos maiores diferenciais do navegador da Mozilla. Agora, além de bloquear rastreadores e cookies de terceiros que seguem seus passos, o programa também bloqueia criptomineradores e fingerprinters. Este último é uma técnica utilizada por empresas para identificar seu computador sem autorização e exibir anúncios baseados nas páginas que você visitou.

Mozilla FirefoxImagem: Firefox/Reprodução.

Estas funções não estão ativadas por padrão, mas podem ser encontradas acessando as “Opções” do Firefox, indo na aba “Privacidade e Segurança” e abrindo o menu “Personalizado” de bloqueio de conteúdo. O Firefox 67 está disponível para todos os usuários.