Governo sul-coreano pretende trocar o Windows pelo Linux

1 min de leitura
Imagem de: Governo sul-coreano pretende trocar o Windows pelo Linux
Avatar do autor

O Ministério do Interior e Segurança sul-coreano anunciou na última sexta-feira (17) que pretende trocar o sistema operacional dos computadores governamentais de Windows para Linux. A mudança é necessária pois o suporte técnico gratuito para o Windows 7 expirará em janeiro de 2020, quando todas as máquinas terão que ser atualizadas para o Windows 10. A equipe responsável afirmou que esse custo seria alto demais e que o Linux agora é uma alternativa real e barata para o uso em larga escala.

A troca ainda não foi confirmada, mas o Ministério afirmou que testes estão sendo realizados com o Linux para se ter certeza de que o sistema operacional consegue funcionar em dispositivos em redes privadas sem riscos para a segurança. Além disso, a compatibilidade do sistema operacional com softwares e sites que foram desenvolvidos para Windows também será avaliada. A troca de OS e a compra de novas máquinas custará cerca de 780 bilhões de wons sol-coreanos, algo em torno de 2,7 bilhões de reais.

Sistema livre e gratuito

Apesar de o Linux ser um software de código aberto e distribuído gratuitamente, empresas e governos assinam contratos para suporte e manutenção do OS. Parece um custo extremamente alto; porém, o Ministério informou que a verba necessária para a compra e a manutenção do Windows 10 seria consideravelmente maior — infelizmente, essa estimativa não foi anunciada.

O Linux é utilizado em boa parte dos grandes servidores e é a "fundação" para o Android, o maior sistema operacional mobile. Choi Jang-hyuk, chefe do Escritório de Serviços Digitais do Ministério, afirmou que a natureza open source do Linux facilitará mais cortes de gastos em longo prazo, e o governo sul-coreano não será mais dependente de um único sistema operacional — que, no caso do Windows, tem seus altos e baixos.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Governo sul-coreano pretende trocar o Windows pelo Linux