Separar a variedade de materiais no lixo reciclável é uma tarefa intensa e cansativa, mas a tecnologia também está aí para ajudar em tarefas como essa. O RoCycle é um sistema robótico capaz de separar automaticamente vários tipos de objetos. Sensores de pressão podem detectar do que é feito o material somente “apertando” ele. Isso é possível graças ao uso do material conhecido como “auxetics” na composição dos “dedos” da máquina.

Os auxetics possuem coeficiente negativo de Poisson, quer permitem à sua estrutura se tornar espessa perpendicularmente à força aplicada. Os autômatos usam uma nova versão que, além de se esticar, podem se alternar entre rígidos e flexíveis mesmo quando são torcidos. Não há dependência da visão para a seleção e eles são capazes de distinguir objetos de metal e aqueles que parecem com metal, sentindo sua condutividade, por exemplo.

A precisão é de 85% quando os itens são avaliados parados sobre a esteira e de 63% quando estão em movimento. O projeto vem sendo tocado em conjunto entre pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, em inglês) e da Universidade de Yale e ainda está nos estágios iniciais de desenvolvimento, mas desde já parece promissor.